Aragão Filho

17/11/2018

Aragão Filho

16/11/2018 19H04

Chegou Henrique. E com 5 quilos e pouco

Nasceu ontem o que pode ser chamado de garotão, Henrique, filho de Vanessa e Paulo Maceo. E chegou com cinco quilos e 67 gramas e quase 60 centímetros de tamanho. Além dos pais, felizes estão os avós paternos Paulo e Alice e os avós maternos Osmar e Cleonice Lopes Silva. A família elogia e agradece o carinho, dedicação e cuidados de toda a equipe da Maternidade Regional do Norospar.

Casamento

Em destaque hoje o casamento de Suelem e Adenilsom que será celebrado neste sábado a partir das 19 horas na chácara da Assemu, onde também ocorre a recepção festiva aos convidados. Parabéns ao casal.

Em Maringá, programação de Natal já foi aberta

Na quinta-feira passada, o Natal em Maringá se apresentou na forma de luzes, alegria e muita emoção. Encantada por cerca de 60 mil pessoas, a abertura das festividades natalinas foi marcada por shows: primeiro da orquestra de violas, depois pela orquestra filarmônica, ambas do Unicesumar, encerrando com Renato Teixeira. Papai Noel recebeu as chaves da cidade do prefeito Ulisses Maia e do vice, Edson Scabora e, desde as 15 horas desta sexta, atenderá na sua casinha, montada na Praça da Prefeitura. Papai Noel chegou em meio a um show de ilusionismo, depois de muita distração proporcionada por duendes. Mamãe Noel também se apresentou no palco e ilustrou sua presença na cidade citando pontos turísticos visitadas por ela. Ao entregar a Papai Noel as chaves da cidade, o prefeito Ulisses Maia destacou a importância de promover o projeto ‘Maringá Encantada – Um Natal de Luz e Emoção’. Sublinhou o retorno do investimento na forma de emprego e renda, valorizando ainda a iniciativa para consolidar a cidade como uma referência turística natalina.

Estudantes fazem vaquinha e doam mais

de R$ 10 mil ao Abrigo Tia Lili e à SAAU

A graduação, além do seu papel de formar profissionais, permite que o acadêmico desenvolva, junto com as teorias e práticas que realiza, seu pensamento social e reflita sobre seu papel de cidadão. A partir dessa premisssa, o curso de Direito da Universidade Paranaense – Unipar, Unidade de Umuarama, promove muitas ações, durante o ano, para engajar seus alunos.

Uma, entre as mais recentes, incentivou a arrecadação de dinheiro para o Abrigo Tia Lili e a SAAU (Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama). Cada aluno doou R$ 15. No total, a vaquinha rendeu R$ 5.100,00 para cada entidade. A iniciativa surgiu dos próprios acadêmicos. A professora Sílvia Leme Corrêa, juntamente aos representantes de turma do 4º ano matutino e do 2º e 4º anos noturno, coordenou a arrecadação. O Abrigo Tia Lili é uma entidade que atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, que foram abandonados ou retirados do convívio familiar por problemas com seus responsáveis e a SAAU trabalha com o resgate e abrigo de animais de rua. De acordo com a professora, os valores foram aplicados no encaminhamento de um adolescente abrigado para um concurso de jiu-jítsu e na construção de novos canis aos animais resgatados pela SAAU.

Representantes das entidades e acadêmicos de Direito na entrega das doações