Região

PRÉ-CANDIDATO

Ratinho Junior lança Darlan Scalco para a presidência da AMP

12/02/2019 15H02

O prefeito de Pérola, Darlan Scalco, que preside a Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios), é pré-candidato à presidência da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), a entidade que representa os 399 municípios do Estado. E tem um cabo eleitoral forte, o governador Carlos Massa Ratinho Junior. Em duas reuniões na semana que passou, em Umuarama e Cascavel, Ratinho Junior pediu apoio dos prefeitos para Darlan Scalco.

A eleição ainda não tem data exata definida. A única certeza é que deverá ocorrer em abril próximo, quando se encerra o mandato do atual presidente, o prefeito de Coronel Vivida, Frank Schiavini. A diretoria é que escolhe a data do pleito em parceria com o candidato ou candidatos.

Ao ter o nome lançado por Ratinho Junior na Expo Umuarama e na reunião da Amerios, e depois na Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) no Show Rural em Cascavel, Darlan Scalco diz que está confiante em chegar à presidência da Associação e fazer um bom trabalho de representatividade para todos os municípios paranaenses.

Cumprindo atualmente o segundo mandato de prefeito de Pérola, Darlan Scalco tem no incentivo ao trabalho dos consórcios uma de suas principais propostas, o que também é um desejo e um propósito do Governo Estadual. Ele que por meio dos consórcios é possível baratear muitos serviços para os municípios, tanto na aquisição de equipamentos e máquinas como também na busca de ferramentas de tecnologias inovadoras para melhorar a receita das prefeituras.

Um exemplo de eficiência de consórcios multifinalitários está sendo testado na Amerios o que foi criado recentemente e é presidido pelo próprio Darlan. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos prefeitos da região. Por meio desse tipo de consórcio é possível contratar serviços em grande escala, pagando menos por isso.

Representantes de todas regiões

Darlan diz que já está começando a montar a chapa para a eleição da AMP. E a meta é incluir representantes de todas as outras 18 regiões do Estado. Segundo ele, é importante ter prefeitos de todas as regiões na diretoria. “Isso porque a gente quer fazer um trabalho que atenda aos interesses de todo o Estado, seja em Curitiba ou em Brasília”, disse.