Umuarama

Social

Projeto Girassol e Amor alerta para a importância da doação de sangue e medula

22/06/2020 09H35

O projeto social Girassol e Amor, da advogada Francielly Foiani Kramer, vem realizando ações no mês de junho voltadas para incentivar a doação de sangue e medula óssea. As atividades do projeto também se estendem para a necessidade do uso de máscara, como forma de prevenção ao coronavírus e dicas para aliviar o estresse e ansiedade em meio ao isolamento social.

O mês junho foi denominado pelas autoridades em saúde como “Junho Vermelho”, período de 30 dias destinado a conscientizar a população para a importância da doação de sangue e cadastramento voluntário de medula óssea. Neste sentido, Francielly idealizou uma campanha para incentivar a doação.

“Como já tive câncer e fiz transplante de medula eu sei da importância da doação de sangue e do cadastramento Voluntario de medula óssea. Por isso, através do projeto, resolvi fazer uma campanha incentivando a doação, como também, reforçar a importância do uso da máscara e o que fazer durante a quarentena e situação de isolamento social”, explicou.

A campanha está sendo divulgada no Facebook e no Instagram do projeto e também nas redes sociais da advogada. “A campanha leva informações sobre a importância da doação de sangue e o cadastramento voluntário de medula óssea, em especial durante a pandemia, pois o número de doações foi reduzido”, esclareceu Francielly.

CAMPANHA

Por meio de fotos e textos orientativos publicados nas redes sociais, a advogada Francielly se transforma em uma princesa da Disney para conscientizar a população. “Antes mesmo de a pandemia de coronavírus ocorrer, o Brasil já sofria com a baixa adesão de doadores de sangue. Agora, o cenário é ainda mais preocupante. Sem estoque de sangue, os hospitais não têm como continuar. A doação beneficia pessoas com doenças crônicas, traumas, câncer e até quem sofre com covid-19”, finalizou.

GIRASSOL E AMOR

Durante o processo de tratamento contra o câncer, Francielly observava que havia muita tristeza e insegurança nos pacientes que estavam ali, também em tratamento. Então um dia decidiu que queria fazer alguma coisa para mudar esse quadro, foi quando teve a ideia de vestir-se de princesa para ir a uma sessão de quimioterapia. “Queria mostrar, principalmente para as crianças, que até uma princesa poderia passar por um momento daqueles. E deu muito certo: minha esperança e alegria contagiou a todos, que riam por ver ali uma princesa”, conta.

Francielly explica que o projeto Girassol e Amor traz consigo a luz dessa flor que, quando se volta para o sol, deixa de dar atenção à visão negativa dos acontecimentos e busca a luz, a esperança, a beleza e a positividade. E é com essa força e, unidas por um bem comum, que o projeto busca vivenciar a solidariedade com atos concretos de amor ao próximo, compartilhar experiências de vida, lutas, alegrias e magia; resgatar a força e esperança; Estimular a valorização dos pacientes e realizar campanhas específicas”, relata.