Região

INCENTIVO

Prefeitura de Xambrê prioriza compras da agricultura familiar para merenda escolar

14/05/2019 11H58

Prefeito Fofão e o repórter Reginaldo Barros em visita ao diretor do Ilustrado, Ilídio Coelho Sobrinho

Enquanto investe na construção do Pronto Atendimento Municipal, mais 73 casas populares e pavimentação asfáltica na sede e nos distritos, entre outras obras, a administração municipal de Xambrê também está priorizando a aquisição de alimentos para a merenda escolar em propriedades que fazem parte do projeto Agricultura Familiar.

O prefeito Waldemar dos Santos Ribeiro Filho, o popular Fofão, disse ontem em entrevista ao Ilustrado que a Lei nº 11.947 de 16 de Junho de 2009 determina que, no mínimo, 30% do valor repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o PNAE deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações.

Esta medida reconhece a importante participação da agricultura familiar no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), tanto para o produtor que tem destino certo para sua produção, garantindo assim sua renda e favorecendo o fortalecimento da economia local como para os alunos, pois os produtos adquiridos são frescos proporcionando variedade e qualidade a merenda oferecida. Por isso, o prefeito informou que Xambrê hoje destina quase 100% da verba recebida para compra de gêneros alimentícios oriundos dos produtores rurais e empreendedores familiares rurais. No ano de 2018, participaram do programa 5 agricultores que entregaram 14 produtos diferentes, como alface, cheiro verde, bolacha caseira, beterraba, melancia, entre outros o que correspondente a 59 % do valor repassado pelo FNDE, ou seja, bem acima dos 30% exigidos.

Para o ano de 2019, o valor a ser gasto com a agricultura familiar foi estimado em R$ 51.224,20 e participam do programa atualmente 7 produtores que juntos entregam 22 produtos diferentes, dentre os quais estão frutas, verduras e legumes. Como o cultivo da terra e o sucesso da produção depende do clima, a expectativa é que todo esse montante seja adquirido de forma a complementar e enriquecer a merenda oferecida aos alunos da rede municipal de ensino. “Nossa meta é continuar investindo na agricultura familiar por entender a sua importância para a economia municipal”, disse o prefeito.