Umuarama

Investimento

Levo Alimentos coloca Umuarama na liderança da geração de emprego no PR

06/08/2020 10H41

Umuarama ocupou a primeira posição entre as Agências do Trabalhador do Paraná, no último mês, com saldo positivo de 493 colocações – à frente de Curitiba (207), Cascavel (195) e das demais cidades do Estado. O ranking é definido conforme o saldo de contratações, descontadas as demissões.

A avaliação mostra que a economia de Umuarama segue em firme recuperação, em meio à pandemia de coronavírus que assola o Estado e o país. Entre os setores que mais se destacaram na geração de empregos estão a indústria de alimentos, o setor de moveleiro (especialmente de estofados) e também a construção civil, conforme informou a gerente da Agência do Trabalhador local, Camila Orlandini.

O prefeito Celso Pozzobom disse que o saldo positivo e os bons resultados da Agência do Trabalhador mostram que houve mais acertos na gestão da pandemia, resultando em confiança na retomada da economia. “Praticamente todos os setores estão contratando, alguns com maior intensidade, e os empregos perdidos estão sendo recuperados”, apontou.

O saldo positivo traz a esperança de que o pior já passou e que, aos poucos, “o comércio, a indústria e a prestação de serviços estão recuperando a atividade e projetando o crescimento que todos esperamos”, apontou. Pozzobom atribuiu o bom desempenho, também, ao início da atividade da Plusval/ Levo Alimentos, que exigiu um grande número de contratações.

“Nesta semana, com o crédito dos salários dos cerca de 700 trabalhadores, serão injetados mais de R$ 1 milhão em recursos na nossa economia, que ajudarão a aquecer o comércio e o setor de serviços neste momento de recuperação”, completou o prefeito, que tem mantido estreito contato com o gerente da unidade local, Rodrigo Francisco, o presidente da Cooperativa C. Vale, Alfredo Lang, e o diretor-presidente do Grupo Pluma, Lauri Paludo, que constituem a Plusval.

A Agência do Trabalhador atua na intermediação de mão de obra, divulgando vagas disponibilizadas pelas empresas e aproximando-as do trabalhador que busca colocação. Por conta dos resultados, a agência se destacou entre as demais do Paraná, ocupando a primeira colocação.

A gerente Camila Orlandini recebeu ofício do coordenador da Gestão do Trabalho e Emprego da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Walmir dos Santos, parabenizando a cidade pelo melhor desempenho entre as 216 agências estaduais, com o maior número de trabalhadores colocados no mercado de trabalho.

“É um resultado extremamente animador, que mostra a possibilidade de crescimento desta unidade, que demonstra em números muito esforço e dedicação de uma equipe comprometida com o bom atendimento aos trabalhadores. Constatamos melhorias no recrutamento e seleção de mão de obra nessa unidade. Vamos juntos retomar a empregabilidade em nosso Estado. Parabéns pelo empenho e comprometimento na defesa do trabalhador”, escreveu Walmir dos Santos.

ESTADO

Em junho, o Paraná registrou saldo positivo de 2.829 empregos com carteira assinada, segundo o Caged – primeiro balanço positivo após três meses de baixas, apontando reequilíbrio da economia. Os setores de maior destaque foram construção civil (saldo de 1.828 empregos), indústria de transformação (1.438), serviços industriais de utilidade pública (161), agricultura (77), serviços (46). O comércio foi o único segmento que ainda registrou saldo negativo no Paraná (-721 empregos).

“Após três meses negativos, resultado da pandemia e da redução na atividade econômica para controlar o coronavírus, o Paraná voltou a apresentar saldo positivo em junho. O resultado é sinal do esforço no governo para incentivar a abertura de novas vagas”, disse o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Mauro Rockenbach.

Total de colocações – Julho/2020

1º – Umuarama – 493
2º – Curitiba – 207
3º – Cafelândia – 196
4º – Cascavel – 195
5º – Rolândia – 185
6º – Alto Piquiri – 184
7º – Beltrão – 157
8º – Medianeira – 153
9º – Pato Branco – 143
10º – Assis Chateaubriand – 133