Esportes

EM CASA

Inter cede empate ao Santos e fica mais longe do Palmeiras

22/10/2018 23H23

O Internacional perdeu nesta segunda-feira (22) a chance de continuar na cola do líder Palmeiras. O empate por 2 a 2 com o Santos, no Beira-Rio, em Porto Alegre, fez o time colorado ficar a cinco pontos da ponta do Campeonato Brasileiro.
O time gaúcho chegou a 57 pontos, em terceiro lugar, contra 58 do Flamengo, o vice-líder, e 62 do Palmeiras, líder isolado da competição.
O Santos, por sua vez, ocupa a sétima colocação e não teve a posição alterada na zona de classificação. A equipe está a três pontos do Atlético-MG, o sexto colocado do torneio.
O time dirigido por Cuca continua na perseguição à zona de classificação para a Libertadores, que hoje se fecharia no Atlético-MG.
Na próxima rodada, o Inter tentará a recuperação diante do Vasco, na próxima sexta-feira (26), em São Januário. Já o Santos recebe o Fluminense, no sábado (27), na Vila Belmiro.
Em um jogo bastante movimentado no primeiro tempo, o Inter só conseguiu abrir o placar no fim em uma boa trama pela direita. Edenílson saiu de frente para o gol e encobriu Vanderlei com um toque de categoria. Luiz Felipe salvou o gol em cima da linha, mas Leandro Damião, de cabeça, emendou para o gol no rebote.
No começo da etapa final, o Santos chegou à igualdade. Gabriel dominou no lado direito da área e chutou com categoria no canto direito de Marcelo Lomba.
Logo depois, houve um lance confuso. Leandro Damião marcou após uma dividida entre Rodrigo Dourado e Carlos Sánchez. O auxiliar, contudo, marcou impedimento. A partida ficou paralisada por seis minutos para a arbitragem decidir se o toque na bola havia sido dado por Sanchez ou por Dourado. No fim, o gol foi anulado.
Mesmo assim, o Inter chegou ao segundo gol em um belo contra-ataque. Nico López arrancou pela esquerda e tocou para Patrick, livre pelo meio, chutar no canto esquerdo de Vanderlei.
Aos 34min, uma lambança da defesa colorada decretou nova igualdade. Gabigol chutou, e a bola passou por baixo de Marcelo Lomba. Fabiano chegou para fazer a proteção para seu goleiro, mas acabou mandando a bola para as próprias redes. (Folhapress)

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Fabiano (Jonatan Alvez), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta, Iago (Wellington Silva); Rodrigo Dourado, Patrick, Edenílson, D’Alessandro, Nico López; Leandro Damião (Rossi). T.: Odair Hellmann

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Dodô; Alison (Derliz González), Diego Pituca, Carlos Sánchez; Bruno Henrique (Renato), Gabigol, Rodrygo (Bryan Ruiz). T.: Cuca

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Juiz: Ricardo Marques Ribeiro
Renda: R$ 1.082.715,00
Público: 43.159 (total)
Cartões amarelos: Nico López (Inter); Gustavo Henrique, Bruno Herique, Victor Ferraz (Santos)
Gols: Leandro Damião, aos 41min do primeiro tempo, e Patrick, aos 25min do segundo tempo (Inter); Gabigol, aos 4min, e Fabiano (contra), aos 34min do segundo tempo (Santos)