Cotidiano

ATUALIZADA

Identificada segunda vítima fatal de grave acidente na PR-323

19/01/2021 15H01

Foi identificada oficialmente a segunda vítima fatal de um grave acidente que envolveu um Celta, um Polo e uma carreta, ocorrido no fim da tarde desta segunda-feira (18), na PR-323, próximo a garapeira, em Umuarama.

Identificada

Trata-se do adolescente G.A. de 17 anos, que viajava na carreta juntamente com seu pai, Celso Silva, 50 anos, que conduzia o veículo. A identificação oficial foi realizada na manhã desta terça-feira (19) pela mãe do jovem. O corpo foi trasladado para Laranjeiras do Sul onde a família reside e será sepultado.

Feridos

Celso Silva continua internado no Hospital Uopeccan, em Umuarama. Ele teve ferimentos graves ao ser arremessado para fora da carreta no momento da colisão. A outra ferida, a condutora do VW Polo, uma idosa de 70 anos, também continua na casa de saúde, mas passa bem.

Mortes

O corpo da segunda vítima fatal, Luana da Silva Salicano, de 27 anos, foi levado para Esperança Nova, onde será sepultado. Ela é natural da localidade. Nas redes sociais de Luana é possível ver ela comemorando estar viva depois de se envolver em outro acidente em junho de 2019.

Interdição

Por causa do acidente a rodovia ficou totalmente interditada por cerca de seis horas, segundo a Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste. A liberação ocorreu por volta da 1 hora desta terça-feira (19) e grandes filas se formaram nos dois sentidos da via. Muitos motoristas optaram por desvio secundários por estradas vicinais, mas tiveram dificuldades e chegaram a ficar atolados por causa da lama que se formou com as chuvas.

Acidente

Em nota a PRE informou que o acidente quando “trafegava o Celta pela PR-323, no sentido de Umuarama a Perobal, ao atingir o local do fato se envolveu em acidente do tipo colisão longitudinal com a carreta que seguia no sentido contrário que ato contínuo colidiu com o VW Polo. Do acidente resultou em danos materiais nos veículos envolvidos, e ferimentos na condutora do Polo, ferimentos no condutor da carreta, óbito da condutora do Celta e óbito de um masculino”.

Relembre o caso aqui