Cotidiano

ATUALIZADA

Identificada uma das vítimas fatais de grave acidente na PR-323

18/01/2021 20H59

Um grave acidente ocorrido no fim da tarde desta segunda-feira (18) e que envolveu dois carros e um caminhão canavieiro deixou duas pessoas mortas e outras duas feridas na PR-323, entre Umuarama e Perobal, pouco depois da garapeira, em um trecho de reta e descida. Chovia no momento da colisão.

INTERDIÇÃO

Por causa da colisão o trânsito ficou totalmente interditado nos dois sentidos e formou longas filas. A previsão da Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste é que a retirada da carreta levaria mais de 3 horas.

Muitos motoristas arriscaram cortar por estradas rurais, mas alguns acabaram atolados na lama. A orientação é que quem precisasse ir sentido Umuarama a Guaíra que utilizasse rotas alternativas como a PR-489, por Xambrê.

Até às 19h40 o Instituto Médico Legal (IML) e um perito criminal não haviam chegado ao local para a retirada dos corpos.

O ACIDENTE

O acidente envolveu um GM Celta prata, de Umuarama, um VW Polo de Altônia e o caminhão canavieiro que estava vazio. A condutora do Celta, Luana da Silva Salicano foi uma das vítimas fatais. Socorristas do Samu e dos bombeiros tentaram fazer a reanimação ainda no local por cerca de 25 minutos, mas infelizmente ela não resistiu.

FATAIS

Segundo o médico socorrista do Samu, Luciano, a vítima apresentava quadro de insuficiência respiratória, foi intubada, foi realizada massagem cardíaca, porém sem sucesso. “A paciente apresentava um quadro com ferimento tanto em crânio, sangramento de ouvido, possível lesão de traqueia, fraturas de arcos costais, bastante lacerações e fratura de membro inferior. Paciente foi lançada do carro. Não se sabe se estava de cinto ou não”, explicou o médico.

A outra vítima fatal é um homem que não havia sido identificada. Segundo os socorristas e a PRE não era possível saber em qual veículo a vítima estava ou se seria um pedestre. O corpo caiu junto ao Polo.

FERIDOS

Já a condutora do Polo, uma idosa, estava com suspeita de fratura de costelas e foi encaminhada ao Hospital Uopeccan. Uma das filhas da mulher contou que ela é moradora de Altônia e voltava para casa. Ela estava em Umuarama onde reside familiares. “Ela é acostumada a fazer esse trajeto”, relatou a filha. A mulher reclamada de dores no peito. O motorista do caminhão estava com ferimentos mais graves e foi levado pelo Samu também para a mesma casa de saúde.

COLISÃO

Segundo Felipe, um motorista de caminhão que presenciou o acidente, o Celta e o Polo seguiam sentido Umuarama a Perobal quando a condutora do Celta teria tentado uma ultrapassagem e acabou batendo frontalmente com o caminhão.

Socorristas tentam reanimar vítima por quase 30 minutos

O motorista do caminhão teria freado e tentado desviar, mas o caminhão acabou tombando e a carreta ficou caída no meio da pista. O Polo teria batido então na carreta. A cabine do caminhão ficou totalmente destruída. Com a força do impacto o Celta parou a pelo menos 80 metros do ponto de impacto e partes do veículo como rodas e portas ficaram no meio do caminho. As causas do acidente serão apuradas posteriormente pelas polícias Rodoviária e Civil.

“Após bater de frente o Celta rodou e passou por mim, parando lá na frente” relatou Felipe. Outra testemunha contou que prestou os primeiros socorros ao motorista do caminhão. “Ele ficou caído com o corpo fora do caminhão e as pernas presas no volante. Ele só me pedia para ver se as pernas dele estavam inteiras e ele as sentia. Queria que eu o tirasse dali, mas respondi que tinha que esperar o socorro”, relatou.

FOTOS E VÍDEOS

Um grande número de curiosos se juntou no local e munidos de celulares realizaram muitas fotos e vídeos. Houve flagrante de pessoas que chegaram a levantar a lona que escondia o corpo de uma das vítimas para fazer fotos. Isso ocorreu após as equipes do Samu e dos Bombeiros deixarem o local e antes da chegada do IML.