Esportes

BRASILEIRO

Embalado, Atlético Paranaense recebe o Bahia para se afastar de vez do Z-4

01/09/2018 15H43

Oito jogos de invencibilidade. Cinco vitórias consecutivas em casa e três no Brasileiro. Esse é retrospecto recente do Atlético-PR, que recebe o Bahia, neste domingo, às 16h, em Curitiba, pela 22ª rodada. O time baiano, por sua vez, encerrará uma série de três partidas fora de casa e terá a chance de vencer a segunda consecutiva como visitante pela primeira vez.

O técnico Tiago Nunes prefere manter a cautela com a boa fase do Atlético-PR. Para ele, esse momento desperta a atenção dos adversários. “Com a nossa campanha boa dentro de casa os adversários vem cada vez mais preparados, atentos e com nível de concentração maior. Vamos ter um nível de exigência muito grande para conseguir vencer”, explicou.

A principal dúvida é o atacante Marcinho, que ainda sofre com um lesão no tornozelo. Caso não esteja apto, seu substituto deve ser Bruno Nazário. O atacante Marcelo Cirino e o zagueiro Thiago Heleno seguem entregues ao departamento médico e são desfalques certos. Já o meia Nikão tem seu retorno confirmado, após cumprir suspensão contra o Vasco.

No Bahia, os zagueiros Douglas Grolli e Tiago são dúvidas. Se não reunirem condições de jogo, devem ser substituídos pela dupla Éverson e Lucas Fonseca, autor de um dos gols da vitória sobre o Ceará. A principal dúvida é o meia Zé Rafael, que sente dores desde o primeiro tempo do jogo contra o Ceará. A situação jogador preocupa o médico do clube baiano, Rodrigo Daniel.

“Ele teve um trauma na perna direita, está sentindo um pouco de dor. Clinicamente a gente acha que não teve nada mais grave, mas ele será reavaliado para ver se há condições”, disse.

Sport e Paraná contra o Z-4

Sport e Paraná fazem um confronto direto na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela 22ª rodada da competição, acontece neste domingo, às 16h, em Recife. Com 20 pontos, o Sport não vence há 11 jogos. Para piorar, foi derrotado nas quatro últimas partidas. Já o Paraná tem 15 pontos e é o lanterna da competição.

O técnico Eduardo Baptista garante que a equipe pernambucana jogará para vencer e só tem uma dúvida: Deivid, suspenso, deixou uma vaga aberta no meio de campo, que está em disputa por Neto Moura e Nonoca. “A gente vai trabalhar com um foco maior na parte ofensiva. Eu vejo o Neto com uma evolução grande até onde posso cobrá-lo. Eu ainda estou conhecendo o Nonoca, mas ele entendeu a mensagem”, afirmou. No Paraná, o técnico Claudinei Oliveira comemorou o fato de treinar durante uma semana completa, abrindo a possibilidade para uma mudança de característica na equipe, com Carlos ou Caio Henrique fazendo a função de meia ofensivo, já que Maicosuel segue como desfalque. (Folhapress)