Umuarama

CORONAVÍRUS

Em dois dias, internamento por Covid-19 aumenta 100% no Uopeccan

24/06/2020 14H17

Com o isolamento social de apenas 15% em Umuarama (segundo o prefeito Celso Pozzobom), os números de pessoas confirmadas e suspeitos para Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, aumentaram drasticamente nos últimos dias.

A evolução na transmissão do vírus começa a refletir no volume de internações no hospital Uopeccan, unidade de referência do tratamento da doença para Umuarama e região.

Conforme o boletim emitido todas as manhãs pelo Hospital Regional Uopeccan, no último dia 20 eram cinco pessoas internadas nas alas de enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – destinadas ao tratamento da Covid-19. Progressivamente, os números de internados começaram a crescer passando para 10 no dia 22, chegando a 18 pessoas na terça-feira (23) e na manhã de ontem eram 20 pessoas internadas.

Dos internados no setor de isolamento do coronavírus, cinco pessoas estão na UTI e 15 na enfermaria, segundo o boletim da manhã de quarta-feira (24). Com tal número de pacientes, a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria e UTI chega a 50%.

NÚMERO DE LEITOS

Conforme dados da 12º Regional de Saúde, o Hospital Uopeccan conta com 10 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria destinados ao tratamento do Coivd-19, para pacientes de Umuarama e dos 20 municípios da região.

Conforme a diretora da 12º Regional Viviane Herrera, além dos leitos na 12ª Regional de Saúde, o Governo do Estado trabalha com contrato de leitos Covid-19 exclusivos por macrorregião. “A nossa macrorregião é formada por cinco Regionais de Saúde, com o total de 102 leitos de UTI e 227 leitos de enfermaria”, explicou.

AMPLIAÇÃO DE LEITOS

Ainda segundo Viviane, a Secretaria Estadual de Saúde também tem a capacidade de ampliação de leitos de acordo com necessidade epidemiológica. “A medida que aumenta a taxa de ocupação desses leitos, automaticamente são ampliados novos. Já temos um estudo de leitos em nossa regional e se necessário serão habilitados”, ressaltou a diretora da 12ª Regional de Saúde.