Policial

MORTE

Detento é encontrado morto dentro da cadeia de Umuarama

09/03/2019 09H57

SEGURANÇA PÚBLICA Detento é encontrado morto  dentro da cadeia de Umuarama
A morte ocorreu na manhã deste sábado no interior da cadeia pública de Umuarama

Umuarama – Um detento de 25 anos foi encontrado morto no interior da cadeia pública de Umuarama no início da manhã deste sábado (9). Rudiele Alves estava com uma corda artesanal (teresa) amarrada ao pescoço e pendurado no teto do minipresídio, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o delegado-adjunto da 7ª SDP Gabriel dos Santos Menezes, a princípio a polícia trabalha com a hipótese de suicídio. “Vamos aguardar o laudo técnico para saber a causa da morte”, afirmou Menezes. Ainda segundo ele o corpo da vítima apresentava sinais que somente após o laudo do Instituto Médico Legal (IML) será possível determinar.

Rudiele Alves estava recolhido a cadeia pública desde o último dia 18 de fevereiro, quando foi detido pela Polícia Militar no interior de um ônibus transportando entorpecentes.

Segundo a Polícia Civil esta seria a única passagem de Alves. O detento era natural de Alfredo Wagner, no interior de Santa Catarina. O corpo foi encaminhado ao IML.

MORTES

Há seis meses outros dois detentos foram encontrados mortos dentro da cadeia de Umuarama, sendo um com suspeita de suicídio. As mortes de Paulo Sérgio Sena, 40 anos, e de Maicon Israel Viana de Castro, 23 anos, ocorreram no intervalo de três dias, nos dias 18 e 21 de setembro respectivamente. Até o momento os inquéritos não foram conclusos.

NOVA CADEIA

A cadeia de Umuarama abriga mais de 200 detentos em espaço para menos de 70.

Desde outubro de 2018 se discute a construção de uma Casa de Custódia com capacidade para abrigar 500 presos.

Apesar do Governo do Estado já ter acenado positivamente com a reserva de recursos financeiros para a construção, a questão esbarra no local da obra.

No fim de 2018 vereadores rejeitaram projeto do Poder Executivo que previa a doação de imóvel com cerca de 20 mil metros com essa finalidade nas proximidades do Parque das Jabuticabeiras. Agora a expectativa é a definição de um novo terreno.