Umuarama

EM UMUARAMA

Conselho prepara série de ações para comemorar o Dia Internacional do Idoso

19/09/2023 17H43

Jornal Ilustrado - Conselho prepara série de ações para comemorar o Dia Internacional do Idoso

Palestras, reuniões e até sessões de cinema fazem parte do cronograma de atividades especiais programadas

No dia 1° de outubro comemora-se o Dia Internacional das Pessoas Idosas e o Dia Nacional do Idoso. E para celebrar a data, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Umuarama (CMDPI) preparou um cronograma com diversas atividades especiais, que incluem reuniões, palestras, encontros e até sessões de cinema, tudo sem custo algum para pessoas com mais de 60 anos.

De acordo com Larissa Alexandrino Broch, presidente do CMDPI, existem em Umuarama cerca de 13 mil homens e mulheres com 60 anos ou mais, segundo projeção do Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), considerando que 11% da população total da cidade (117.095) é idosa. “Trata-se de uma parcela significativa de nossa sociedade e que exige uma série de ações para garantir seus direitos e sua segurança”, comenta.

A agenda especial de eventos começa na segunda-feira, dia 25 de setembro, com uma palestra que será ministrada pela Dra. Carla Dal Ponte, médica especialista em Clínica Médica e Geriatria. “O tema do encontro será ‘A sabedoria do Envelhecer’, às 14h no Anfiteatro Haruyo Setogutte (no Paço Municipal). Uma das profissionais mais ativas de Umuarama, seguramente vai encantar a todos os participantes com suas indicações, comentários e histórias. Para nós é uma honra podermos contar com a atenção e o apoio de Dra. Carla”, registra Larissa.

Na quarta-feira (27), tem sessão de cinema – com direito a pipoca e refrigerante – no Centro Cultural Vera Schubert, às 14h30, com a apresentação de ‘Cartas para Julieta’, premiado filme com Amanda Seyfried, Chris Egan, Vanessa Redgrave, Franco Nero e Gael García Bernal. “É um filme super romântico, que mostra que nunca é tarde para encontrar o verdadeiro amor e que a vida sempre pode apresentar coisas surpreendentes”, resume Larissa.

Já no dia 30 de setembro, um sábado, as ações se concentram na Praça Miguel Rossafa com atividades das 9h às 13h e terá apoio de diversas secretarias municipais e parceiros, que vão oferecer serviços e temáticas relacionadas à saúde em geral, saúde bucal, nutrição e aulão de ritmos, entre outros. “Vale destacar que a Secretaria Municipal de Habitação já confirmou que vai levar todos os moradores dos dois Condomínios do Idoso coordenados pela prefeitura de Umuarama, apoio que para nós é muito importante”, declara a presidente do CMDPI.

Larissa também chama a atenção para o fato de que a data deve ser celebrada por toda a sociedade, que tem, desde 2003, o Estatuto da Pessoa Idosa, um marco em prol das garantias desses cidadãos. “Precisamos todos nos conscientizar e nos sensibilizar sobre as necessidades desse público. A cada dia que passa o Brasil está ‘ficando mais velho’, ou seja, a parcela de pessoas com 60 anos ou mais passou de 11% para 15% da população”, observa.

CONDOMÍNIO DO IDOSO

A administração Celso Pozzobom está sempre atenta na realização de ações para melhoria e bem-estar social das pessoas com mais de 60 anos que, segundo o prefeito, tanto já fizeram e ainda fazem para que Umuarama seja uma cidade de destaque no Paraná e no Brasil. “Hoje a Secretaria de Habitação conta com dois condomínios de idosos – um no Jardim Tangará (Panorama) e outro no Parque 1º de Maio e temos vários programas de apoio não só a esses moradores mas também a todos os idosos”, registrou o prefeito.

O secretário municipal de Habitação, Gilmar Carlos Garcia, relata que a partir desta terça-feira (19) profissionais farão uma série de visitas em cada casa dos condomínios com o objetivo de avaliar as condições sociais como alimentação, situação socioeconômica, moradia, saúde física e mental, entre outras. “Essas informações de busca ativa nos trarão a oportunidade de ofertamos ainda mais apoio a esses idosos, ganhando cada vez mais dignidade em morar bem”, pontuou.