Esportes

Desafio

Com retrospecto favorável, Palmeiras busca quinta vitória fora na Libertadores

18/09/2018 22H36

Melhor time da fase de grupos da Libertadores, o Palmeiras é, também, um time muito perigoso quando atua fora de seus domínios. Desta forma, o grupo comandado por Luiz Felipe Scolari tem grandes chances de trazer do Chile, nesta quinta-feira (20), mais uma vitória na bagagem.
O time alviverde vai enfrentar o Colo-Colo pelo primeiro duelo das quartas de final da competição continental, em Santiago. E se o retrospecto da fase de grupos do time paulista neste ano é favorável, o da equipe chilena não é nada animador.
Em oito jogos disputados até o momento -seis pela fase de grupos e dois pelas oitavas de final-, o Palmeiras venceu seis, empatou um e perdeu outro.
Os números do Palmeiras são ainda mais positivos como time visitante: quatro jogos e quatro vitórias, além de ter balançado a rede em dez oportunidades fora de casa.
Outro aspecto que vale ressaltar é o uso do time considerado titular em jogos de mata-mata. Sob o comando do gaúcho, o Palestra tem entrado em campo com força máxima, garantindo uma competição continental quase perfeita, de acordo com os resultados conquistados.
Como foi o melhor time da fase de grupos, o Palmeiras assegurou o direito de decidir em casa todas as partidas até a final, caso avance.
A única derrota palmeirense no torneio foi diante do Cerro Porteño, por 1 a 0, e com um jogador a menos desde os 4min de jogo, graças à expulsão de Felipe Melo. Mas, como havia vencido por 2 a 0 no Paraguai, garantiu a classificação.
“Encontraremos um time que tem Borja, Dudu, Willian. São muito rápidos nos contra-ataques. Temos que ter cuidado, como trabalhamos durante a semana, mas sempre tentando atacar. Sabemos que podemos causar danos, como fizemos contra o Corinthians”, disse o ex-palmeirense Barrios, de 33 anos, que atualmente defende o Colo-Colo.
A situação da equipe chilena, no entanto, é inversa. O time de Valdivia e Barrios foi o que teve pior campanha na fase de grupos da Libertadores, com apenas duas vitórias: uma como mandante e outra fora de Santiago.
Nas oitavas de final, no entanto, o clube venceu diante de sua torcida por 1 a 0 e, depois, eliminou o Corinthians em Itaquera, apesar da derrota por 2 a 1.
Agora, resta ao Palmeiras fazer valer o retrospecto no Chile para atuar na capital paulista com tranquilidade. (Folhapress)