Aragão Filho

17/9/2019

Coluna Aragão

16/09/2019 11H01

CASAMENTO

Em destaque na coluna de hoje o casamento de Eloisa e Lucas, com grande recepção no sofisticado salão de eventos do Hotel Caiua. O enlace foi sábado último na Igreja São Vicente Palotti, de Umuarama. A Dra. Karina Hirata Coelho foi uma das madrinhas da noiva.

Ele disse:
“Na escola de oficiais, aprendi que se o meu subordinado é muito bom, ele eleva o meu comando. E o Moro não é uma pessoa que diz que quer furar os olhos do Bolsonaro e ser candidato. Se eu fosse o Bolsonaro, eu não puxaria para mim a decisão sobre o diretor-geral da PF. A saída de Moro seria danosa demais. Moro ainda é uma figura inabalável para a maioria da população. Quando eu viajo com ele, parece que as pessoas estão recebendo a Madonna. Param tudo, com criança chorando para tirar foto”.
Do Major Olímpio, líder do PSL no Senado, dando um conselho militar a Jair Bolsonaro.

Roberto Leal
Roberto Leal cantou em diversas ocasiões em Umuarama.
Ele gostava da cidade e a cidade gostava dele em uma época em que as pessoas gostavam mais das pessoas.
Já tomado pelo câncer que o matou, Roberto Leal desabafou emocionado:
-“Você estar na beira de partir desse mundo, você quer ficar mais um pouquinho. E quer ficar mais por quê? Para ver crescer suas netas, para ver a vitória de seus filhos, deixar sua companheira em paz”.

Escrito apenas ontem…
É preferível a poluição da democracia à assepsia da repressão.
– Alceu Amoroso Lima.

Tirando o fígado
Brasileiro trabalha 153 dias por ano só para pagar impostos.
E isso não basta.
Pra fechar as contas, querem ressuscitar a CMPF.
Com outro nome, outra cara, mas CPMF…

Perde pouco
Operadoras de TVs por assinatura no Paraná ‘perdem’ 202 clientes por dia.
Pelo muito descaso, pelo abuso nos preços dos pacotes e pela repetitiva programação que oferece, perde pouco.
E sabe que o que fazem para estancar a sangria?
Nada…

Jogos
O deputado estadual Delegado Recalcatti (PSD) apresentou projeto na AL (Assembleia Legislativa) do Paraná sugerindo que jogos de futebol no Estado não comecem mais depois das 20h30. Segundo ele, o objetivo é respeitar os torcedores, que “têm sido forçados a freqüentar os estádios até tarde da noite”.
Alegou ainda que as competições que começam tarde da noite põem em risco a segurança de pessoas durante a volta para casa.
Faz sentido, mas a Globo não vai gostar…

Podendo
O fato de o senador Álvaro Dias, líder do Podemos no Senado Federal, estar a frente do feito de tirar do MDB a posição de maior bancada na Casa terá movimentos aqui no Paraná.
Das cinco cadeiras que tinha, pulou para dez e está quase lá para alcançar o MDB que tem 13.
Até as eleições do ano que vem os três senadores do Paraná poderão estar no mesmo partido.

Não tem jeito
O que leva o sujeito a depositar nas estradas rurais do município seus entulhos, indo muitas vezes, a distancias maiores do aterro sanitário?
Não é fácil consertar o Brasil sem consertar antes alguns tipos de brasileiros…
Como diz o Macedão; ‘é cada tipo… ’.

Nota 10
Nota 10 para a Receita Federal que praticamente sustenta inúmeras instituições de caridades com a doação de produtos apreendidos para a realização de bazares beneficentes.
Na maioria, produtos ilegalmente importados apreendidos em ações cada vez mais eficientes da própria Receita.
Então, soa estranho ouvir que a Receita poderá sofrer a falta de recursos com o contingenciamento do Governo.
Logo ela que faz direitinho a sua parte…

Leque
O prefeito de Iretama, Wilson Bratac, mandou cortar tudo que der para cortar.
Proibiu até o uso de aparelhos de ar-condicionado.
Cortou lanchinhos em reuniões administrativas, suspende pagamentos de férias e horas extras e avisou que a coisa tá feia.
Com um inverno de 40 graus, tai um lugar bom pra vende leque…
Rapaizzz…

Delegado Fernando em evento com Moro

O Delegado Fernando Martins foi o único deputado estadual que participou da abertura do “Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias – Rodada 1: Corrupção Sistêmica & Delinquência Institucionalizada”, promovido pela Polícia Civil do Paraná. O evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (16), no auditório do Rockefeller by Slavieiro Hotéis, em Curitiba, e contou com a participação do Ministro da Justiça, o ex-juiz federal Sérgio Moro. Em palestra, Moro reforçou que o foco do Ministério da Justiça é o combate à corrupção, a organizações criminosas e a crimes violentos.