Aragão Filho

Coluna Aragão

21/03/2020 07H13

Escrito apenas ontem…

Assim como se pegam as enfermidades, também se pega a saúde.

– Padre Antônio Vieira.

Dinheiro extra

O IMCS Ecológico distribui R$ 400 milhões em todo o Estado.

Márcio Nunes (PSD), secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, festeja a grana extra que teve empenho direto da sua pasta:

– “É um dinheiro importante que entra na receita total dos municípios, que influencia diretamente no limite prudencial de gastos”.

Dificuldade

A Receita Federal deverá se manifestar sobre prorrogação do prazo para entrega do IR.

Há, neste momento, dificuldade de reunir documentos, recibos médicos.

Ele disse:

Nosso time está ganhando de goleada. Então vamos fazer justiça, vamos elogiar seu técnico que se chama Jair Bolsonaro”.

De Bolsonaro, que há pouco não acreditava que haveria confronto.

Desemponderado

Fernando Haddad retirou seu nome da disputa pela prefeitura de São Paulo sem ouvir o ex-presidente Lula e Eduardo Suplicy, da mesma forma, lançou sua candidatura ao cargo sem consultá-lo.

Dilma Rousseff diz que Lula faz política por fato consumado e não mais exerce o poder de antigamente.

O Insulto Diário

O boca aberta e o boquirroto.

Boca Aberta, deputado paranaense, foi suspenso por seis meses do mandato na câmara federal.

Motivo: não consegue, motivos óbvios, fechar a boca, invadiu um hospital, gravou imagens e divulgou em rede social. Resultado, quebra de decoro e punição.

Da boca de Boca Aberta necessariamente só sai besteira.

O que Boca Aberta faz ou diz é caricato, risível, inconsequente, ridículo, mas não prejudicial ao Brasil, suas instituições e as relações internacionais como o que acaba de fazer o colega Eduardo Bolsonaro, que num tuíte lança granadas na relação do Brasil com a China e quase põe a pique o comércio de commodities entre os dois países.

– Rogério Distéfano.

Metafísico

Quem mora na rua como fará a quarentena com isolamento em casa?

Começou

Congressistas iniciam discretamente um movimento em defesa do adiamento das eleições municipais previstas para outubro de 2020.

Demorou!

É difícil

Ontem, havia comerciante dando trabalho às autoridades e fazendo aumentar o risco de prejudicar ainda mais a coletividade.

Pode até ser desespero de causa, mas, como diz a sabedoria da turma das redes, ‘se falir, você se levanta, se morrer, já era’.

E um salve respeitoso e reconhecido aos empreendedores que vão além das obrigações para que Umuarama continue sendo uma cidade boa de viver para todos.

Papo rápido

– Alguém já desvendou o mistério do povo estar comprando tanto papel higiênico?

– Já. É apenas a comprovação da velha máxima, ‘quem tem, tem medo… ’.

É o vírus

O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, apontado como operador do dinheiro sujo do PSDB, preso em Curitiba havia um ano, foi beneficiado pelo coronavirus;

Ganhou liberdade sob o argumento de ter mais de 70 anos e, portanto, se enquadrar no grupo de risco do novo coronavirus.

Não sei qual dos dois provoca mais estragos…

Trilha

A coluna foi escrita ao som de Ambrose Akinmusire e sua turma.

É o que alivia a tensão nos atuais dias que vivemos, ou sobrevivemos.

E viva a música!

Simepar prevê início de outono com temperaturas altas

O outono começou à meia-noite e 50 minutos desta sexta-feira e terminará às 18h44 do dia 20 de junho. O Simepar prevê chuva no Norte do Estado. As temperaturas variam entre 13 oC e 33 oC. A mínima deve ocorrer em Guarapuava, Pato Branco e União da Vitória. A máxima será em Foz do Iguaçu. O tempo deve melhorar no sábado, com sol em todas as regiões. Segundo o meteorologista do Simepar, Reinaldo Kneib, o outono paranaense caracteriza-se pela grande variabilidade das chuvas, em sua maioria decorrentes da passagem de frentes frias. “Maio costuma ser mais chuvoso em comparação com abril e junho”, afirma. Os maiores volumes são registrados nas regiões Sudoeste e Oeste. À medida que o inverno se aproxima, as temperaturas diminuem progressivamente. A partir da segunda quinzena de abril, aumenta o risco climático de geadas. “A ocorrência de nevoeiros também é típica da estação, com intensidade e duração variando conforme o padrão de tempo predominante em cada região”, informa Kneib.

A previsão indica que as chuvas seguirão os padrões da climatologia no Paraná. Ao longo do trimestre devem ocorrer os chamados “veranicos” – períodos superiores a dez dias consecutivos sem chuvas.

No Domingão do Zé Leo

O Domingão do Zé Leo recebeu a visita do repórter Reginaldo Barros e do empresário Aguinaldo da empresa Água Luz & Cia. Eles foram entrevistados pelo apresentador do programa Zé Leo.