Aragão Filho

13/06/2019

Aragão Filho

13/06/2019 08H00

Epidemia

O jornal Correio Braziliense noticiou ontem que Brasília enfrenta a pior epidemia de dengue da história.

É um sério problema, mas, como é sobejamente sabido, Brasília enfrenta epidemias bem mais terríveis, muito mais prejudiciais ao povo.

Japoneses

O deputado federal Luiz Nishimori presidiu ontem na Câmara Federal a Sessão Solene pelos 111 anos da Imigração Japonesa no Brasil.

Umuarama teve forte presença japonesa no desenvolvimento da cidade desde a sua fundação.

Os imigrantes japoneses aqui chegaram com muita disposição e vontade de trabalhar, nos brindaram com sua arte, costumes, língua, crenças, culinária e todos os conhecimentos que contribuíram para o saber coletivo.

Devemos muita gratidão à eles.

Papo rápido

– Você não tem curiosidade de saber o conteúdo de todas as conversas entre Moro e Dallagnoll?

– Prefiro ver todas as imagens do Neymar e da Najila naquele quarto em Paris…

Gol de novo

A Rede Massa – SBT aproveitou a bobeada da RIC TV e contratou o apresentador Gilberto Ribeiro, que além de bom comunicador é deputado estadual.

Vai trazer mais audiência para a Massa que já ostentava por ser a única que cresceu, segundo o Ibope de maio.

Menina veste rosa

No novo documento “Homem e mulher os criou”, o Vaticano afirma que os pais são os principais responsáveis ​​pela educação de seus filhos, inclusive no que diz respeito à sua sexualidade, e que outras instituições, como escolas, são subsidiárias.

Não sei a razão de surgirem vozes destoantes.

É a Igreja Católica divulgando uma exortação aos cristãos católicos.

E para os católicos não há surpresa no comunicado.

Do Padrella

Viver é uma coisa difícil. Ainda bem que não é para sempre.

– Nelson Padrella.

Escrito apenas ontem…

No Brasil, só se é intelectual, artista, cineasta, arquiteto, ciclista ou mata-mosquito com a aquiescência, com o aval das esquerdas.

– Nelson Rodrigues.

Maldade das redes

A patuléia nas redes sociais não perdoa nem que doa:

– Gente, hoje após uma audiência na Barra Funda, educadamente pedi o WhatsApp do Juiz.

Queria trocar umas ideias, tirar umas dúvidas e até conselhos sobre um processo que tenho convicção da inocência.

O juiz foi super grosseiro. Falei que sabia que era normal o juiz colaborar, instruir e orientar uma das partes.

O juiz me ofendeu! Aí falei: Calma, se o Meritíssimo já está ajudando o Procurador deste caso, tudo bem. Cheguei tarde. Então, me ajude em outro processo?

O juiz chamou a polícia judiciária e perguntou se eu era maluco.

Eu falei que Moro e Dallagnol afirmaram que isso era normal em rede nacional. Todos rimos. Estou preso na Justiça Federal.

Alguém aí tem WhatsApp de Desembargador ?

Ô raça!

Briga grande

Acaba hoje o prazo para inscrição de chapas para a eleição de diretoria da Fiep – Federação das Indústrias do Paraná.

A chapa de situação é encabeçada pelo empresário Carlos Walter, presidente do Sindimetal Maringá e um dos atuais vice-presidentes da Fiep, conta com apoio de Edson Campagnolo.

A outra chapa é liderada por José Eugenio Gizzi, empresário da construção civil que atua principalmente no setor de edificação de pontes e outras obras públicas, atual presidente do Sinduscon e um dos vice-presidentes da atual diretoria da Fiep.

As chapas devem ser inscritas até hoje, mas a pauleira já começou faz tempo…

Como votam os delegados de Umuarama?

Endividados

O brasileiro é um endividado resistente.

O percentual de famílias endividadas no país ficou em 63,4% em maio; a registrada em abril foi de 62,7%.

Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Essa é a quinta alta consecutiva do indicador nesse tipo de comparação.

A informação é da Agência Brasil.

Roda de conversa

Neste domingo tem Roda de Conversa sobre pioneiros e pioneirismo.

Será no Aeroporto Regional Orlando de Carvalho e abordará a memória do empresário, produtor rural e aviador Orlando de Carvalho, que morreu em acidente aéreo.

Um grande sujeito!

O aeroporto antes se chamava Ernesto Geisel.

Prefeito de Mundo Novo empossa

novo secretário da Junta Militar

Após o falecimento do servidor Francisco César Rodriguez, o prefeito Valdomiro Sobrinho (PL) deu posse ao novo secretário na segunda-feira (10). Valdomiro recebeu os integrantes do PRM (Posto de Recrutamento Militar), com sede em Dourados e responsável pela região – incluindo Mundo Novo.

Luiz Henrique Soares é o novo responsável pelo setor, que além do alistamento militar, também realiza carteiras de trabalho. Valdomiro, Henrique, tenente Mário Correia (chefe do PRM), tenente Valdir (delegado do Serviço Militar do PRM) e sargento Félix (auxiliar do PRM) se deslocaram até a sede da Junta Militar no município, que fica na Avenida Salvador (próximo à rádio).

O prefeito Valdomiro Sobrinho, presidente da Junta na cidade, deu posse ao novo secretário e agradeceu a parceria com o Exército Brasileiro. O atendimento é das 7h00 às 13h00. Na foto, integrantes do PRM (Posto de Recrutamento Militar) em visita no gabinete do prefeito Valdomiro

Rita Lee visita ursa Rowena, que inspirou novo livro da cantora

Rita Lee está prestes a lançar seu mais novo livro infantil, Amiga Ursa – Uma história triste, mas com final feliz, que conta a história da ursa Rowena, que passou por tráfico animal e sofreu maus-tratos.

Atualmente, o animal está no Rancho dos Gnomos, em Cotia, e na última semana a cantora foi até o local para visitá-lo.

“A gente entrou no espaço dela e eu fiquei com vontade de abraçar, de beijar”, conta Rita em vídeo divulgado no YouTube nesta terça-feira, 11.

Embora Rowena, que antes se chamava Marsha, tenha um ar triste e medo de atitudes generosas, segundo disse a cantora, ela foi bem receptiva.

Na visita, Rita alimentou o animal com suco e bolachas com mel. “Foi um dos dias mais especiais da minha vida, ter visto a felicidade em que ela está.”

O livro, que deve ser lançado no final de junho, conta a história da ursa: de onde ela veio, por onde passou e como chegou ao Brasil.

Petição quer transformar data da morte

de André Matos no Dia do Metal

André Matos teve uma vida dedicada ao chamado heavy metal, um gênero de rock. Por isso, uma petição feita por fãs quer instituir a data da morte do cantor como o Dia do Metal no Brasil. Matos morreu no dia 8 de junho, aos 47 anos de idade, vítima de um enfarte. A petição está sendo organizada pela plataforma Avaaz. O objetivo é recolher 20 mil assinaturas.

Maestro, cantor e compositor, André Matos era reconhecido como um dos maiores vocalistas do metal brasileiro. Ele nasceu em São Paulo em 14 de setembro de 1971 e ficou conhecido pelo seu trabalho a frente das bandas Viper, Angra e Shaman, bem como pelo seu trabalho solo, desenvolvido desde 2006.

A missa de sétimo dia do músico será no próximo sábado, 15. No perfil de André Matos no Facebook há uma homenagem ao cantor. “Agradecemos a todos pela compreensão e contamos com vocês para que a memória e o legado do André permaneçam vivos para sempre”, diz a nota.