Dr. Eliseu Auth

19/07/2021

Um golpe na ignorância

19/07/2021 15H21

Eliseu Auth

Ainda são muitos os brasileiros que morrem por causa do covid – 19. Mais de mil nos deixam todo dia, assassinados pelo vírus e quinhentos e quarenta mil já partiram. A boa notícia é que o número está diminuindo a olhos vistos. Ninguém pode negar que é por causa da vacinação. Ela é lenta, mas anda. Isso tem nome: Ciência. Ela, no andar da carruagem, vai golpeando o negacionismo que fez ninho na cabeça de muitos, especialmente nas hostes do governo que temos. A pergunta que irrita, perturba e incomoda a troupe negacionista que fez troça da vacina é esta: Se tivéssemos acreditado na ciência e vacinado nossa gente, tão logo as vacinas do Butantã, Fiocruz e Pfizer estavam à disposição, quantos brasileiros não teriam morrido?

Mas, não. Ao invés de saírem do cercadinho da alienação, insistiram em tratamentos não recomendados e agora xingam a CPI da covid que mostra ao país todo o descaso do governo no trato da saúde. Uma tristeza!

O estrago do atraso desses inimigos da ciência, seguidores de falsos líderes, terraplanistas, cultores de crendices e afins, é devastador. Aqui dentro e no planeta doente pela pandemia e pelo aquecimento que essa gente nega. Consola que as vacinas, ainda que tardias, minoram as mortes e dores. Dos erros é preciso tirar lições na lógica das trevas que forçam a busca da luz.

O ilustrado leitor do “Umuarama Ilustrado” sabe como eu que muitos dos negacionistas são vítimas e não agem por ideologia ou má fé. Tenho um bom amigo assim. Não quer tomar a vacina com medo dela. Não quer virar jacaré, vítima da desinformação. Minha esperança é que me ouça e acorde.

Se não podemos reparar o malfeito, devemos ao menos, olhar à frente e torcer que bom senso e lucidez voltem a imperar aqui e no mundo inteiro. Isso será bom para nós, nossos filhos e futuras gerações. Olhem e apalpem os números. A vacinação está diminuindo as mortes no país e no mundo inteiro. É um golpe da ciência contra o negacionismo. Um golpe na ignorância.

(Eliseu Auth é promotor de justiça, atualmente advogado).