Aragão Filho

10/07/2019

Aragão Filho

09/07/2019 19H47

Do contra

A deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) garante que o governo Jair Bolsonaro (PSL) não tem os votos suficientes para aprovar a reforma da previdência.

Faz média com os grandes sindicatos e conta com a pouca memória do eleitor para riscar da lembrança a época em que defendia a reforma proposta pelos governos petistas.

No governo Dilma Rousseff, por exemplo, teve a aprovação de uma mini reforma que criou a regra 85/95, beneficiando os mais ricos e criando um rombo bilionário, segundo apurou depois o Ipea.

Esqueceu do ajuste fiscal do então ministro da Fazenda Joaquim Levy, em 2015?

Escrito apenas ontem…

Imprevidência é prover as necessidades de hoje com as receitas de amanhã.

– Ambrose Bierce.

Minha progressão

Alguns professores querem saber logo da APP Sindicato como vai ficar o movimento de greve, pois termina nesta semana o período para a aquisição do direito de progressões de carreira no Estado e o número de faltas é um dos critérios para entrar na lista dos beneficiários.

A ala moderada da classe avalia que a greve não veio em boa hora.

Fora da reforma

Isso é que é Lobby competente; a categoria com o maior rombo da Previdência conseguiu sair da reforma.

E lucrar com ela.

A bancada ruralista conseguiu até garantir lucro ao agronegócio, que manteve isenção da contribuição previdenciária quando exporta parte da produção.

O Insulto Diário

Seis meses no cargo, o ministro Sergio Moro sai de licença por uma semana, logo depois do vazamento de suas conversas com Deltan Dallagnol e a saia justa que vestiu na câmara dos deputados.

Vai resolver “assuntos particulares”, o motivo divulgado.

Traduzindo, o ministro dá um tempo para reencontrar seu eixo.

– Rogério Distéfano.

Coisa feia

Os novos pontos de circular, confortáveis e bonitos, já estão servindo de suporte para cartazes de propaganda.

A poluição visual tira não só a beleza dos abrigos como elimina a transparência que aumenta a segurança de quem aguarda o coletivo urbano, principalmente a noite.

Dois pontos foram fotografados por leitores; um em frente ao Campus 3 da Unipar, outro em frente a agência da Caixa da Avenida Londrina.

Ele disse:

O que não dá para entender em Maringá é o preço dos combustíveis: Quando um sobe, todo mundo sobe e fica igual. Quando um abaixa, todo mundo abaixa e fica igual. O que é isso?”

De Mário Hossokawa, vereador, para o diretor do Procon, Geison Ferdinandi, sobre algo que nos parece muito familiar.

Novos tempos

Ontem, 9 de julho, foi feriado em São Paulo para marcar a data da Revolução Constitucionalista de 32.

E pensar que já se fez revolução por uma Constituição, quando hoje em dia rasgam a Carta Magna quase todo dia em algum gabinete ou plenário dos podres poderes…

Desaparecidos

O Ministério Público do Paraná instituiu o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos e escancarou números apavorantes:

– De 2016 a 2017, os órgãos de segurança pública no Brasil registraram 163.860 desaparecimentos.

Só no Paraná, foram mais de 13 mil casos.

Nos últimos dez anos, quase 800 mil pessoas foram declaradas desaparecidas.

Fundão

Fundo para custear campanhas eleitorais pode mais que dobrar em 2020 e chegar a R$ 3,7 bilhões.

Relatório do deputado Cacá Leão (PP-BA) estipula diretrizes ao Orçamento e autoriza verba que será usada por partidos e candidatos.

O relatório precisa ser aprovado antes do recesso parlamentar.

Vai ser aprovado, com certeza…

Metafísico

Se for real o que diz o CNJ que 55% da população carcerária é de presos indevidos, então porque estão presos?

Audiência pública

Foi baixíssima a participação da população na Audiência Pública para tratar de novas regras para matrículas nas creches de Umuarama.

Já o debate nas redes sociais deverá ser, como quase sempre ocorre em casos semelhantes, bastante ‘quentes’.

E segue o baile…

Gerante da Avecam

Ganha destaque na coluna de hoje o competente diretor-geral da Avecam Caminhões Ford em Umuarama, empresário Douglas F. Silva.

Truco no HCC

O Departamento de Esportes do Harmonia Clube de Campo realizou no sábado a 5ª Etapa do Ranking de Truco que contou com a participação de 30 duplas e os resultados foram os seguintes: Campeões: Vandinho e Pereira, segundo lugar Cris e Carlos, terceiro lugar Fernando e Renan e quarto lugar Aguinaldo e Neto.