Região

ESTREIA BOA

Vereador de Iporã, que deve ser o mais jovem do Brasil, fala de algumas metas

19/11/2020 09H21

Leo em visita durante a campanha

Leonardo Flores dos Santos (PSB) foi eleito domingo passado o vereador mais jovem do município de Iporã, com 399 votos, o quarto mais votado no município. É o mais jovem também do Paraná. E pode ser o mais jovem em todo o Brasil, mas a confirmação só deve sair nesta sexta-feira.

Léo, como é conhecido, completou 18 anos no dia 25 de setembro de 2020, apenas um dia antes do prazo permitido nesse ano, que teve o calendário eleitoral alterado devido a pandemia. O jovem queria ser candidato e foi beneficiado por essa mudança na data. Se a eleição tivesse sido mantida no dia 4 de outubro ele não teria como registrar o nome, já que o prazo para registro é em torno de 50 dias antes da eleição.

O jovem Léo diz que a política sempre fez parte do seu cotidiano. Ele cresceu acompanhando as campanhas políticas no município, principalmente ao lado dos tios Cássio e Gisela Trovo, ele ex-prefeito de Iporã. Recorda que em 2004, aos dois anos de idade, já frequentava os comícios usando camisetas da campanha e com sua própria bandeira. Muitas vezes era visto nos palanques enquanto os candidatos faziam seus discursos. O seu interesse pela política não diminuiu, ao longo da vida, e em 2017 foi eleito vereador mirim no município pelo projeto Parlamento Jovem do Tribunal Superior Eleitoral, que tem como objetivo despertar nos jovens estudantes, a consciência de cidadania, direitos políticos, processo eleitoral e incentiva a formação de cidadãos ativos na vida política.

Com discurso já experiente, ele cita que entra na Câmara Municipal para cumprir a real função do vereador de apresentar propostas e fiscalizar o Executivo junto com os demais colegas da Casa. Também defende a união política, independente de cores partidárias, para ajudar o município a se desenvolver cada vez mais. “Com isso, todos daqui podem ter melhor qualidade de vida”, diz.

Leonardo integra uma geração, chamada de Z, que são os nascidos entre 1992 e 2010, após o surgimento mais intenso da Internet, e são familiarizados com a tecnologia. E foi com essa visão ampla da importância do meio digital que ele fez uma campanha ativa também nas redes sociais, por onde transmitiu as suas mensagens com as propostas de trabalho.

Sua campanha foi inovadora para o público de Iporã e alcançou rapidamente os jovens e adultos que logo foram conquistados por suas propostas. O despertar no interesse nesse público aumentou o engajamento e aos poucos os eleitores de todas as faixas etárias foram se sensibilizando pelas atitudes do jovem candidato. Alguns eleitores de mais idade foram convencidos a nele votarem por seus filhos, netos, sobrinhos.

E ao mesmo tempo em que mantinha a sua campanha ativa na internet, Léo fez um trabalho amplo de visitas nas casas dos eleitores. Foi aos bairros, distritos e esteve com os empresários da cidade, tanto no comércio como na indústria. E ainda dedicou tempo para a área rural.

PRIORIDADES

Representar bem toda a comunidade de Iporã, focando principalmente nas reivindicações dos jovens, é o objetivo a partir de agora. Assim como defendeu na campanha, Léo já planeja a apresentação de um projeto na Câmara Municipal criando um Programa Municipal de Primeiro Emprego com o objetivo de ajudar os jovens a conquistarem o primeiro emprego. “Hoje em dia as empresas exigem experiência, mas sem o primeiro emprego quem vai ter experiência”, comenta. Também defende o incentivo aos cursos profissionalizantes para treinar a mão de obra.

Ele também vai trabalhar para ajudar na realização de eventos esportivos, culturais e de lazer para os jovens. “Iporã têm muitos talentos e um bom projeto pode ajudá-los a realizar seus sonhos e representar bem o nosso município em todos os cantos”.