Umuarama

TEMPORAL

Vento forte, raios e chuva deixam mais de 400 imóveis sem energia em Umuarama

08/10/2020 11H43

Após dias de intenso calor em Umuarama, o tempo mudou rápido na noite de quata-feira (7) e pegou a população de surpresa. Segundo o site do Simepar, fortes ventos foram registrados entre as 20h e 22h, seguidos de raios e chuva.

Com a intensidade da chuva, do vento e dos raios alguns bairros de Umuarama apresentaram problemas com o recebimento de energia elétrica. Segundo a Copel, 406 unidades consumidoras (UCs) tiveram a energia interrompida, ou seja, 0,76% do total de UCs da cidade.

Ainda segundo nota da Copel, as regiões Centro-Sul e Noroeste do Paraná foram atingidas por temporais, que provocaram desligamentos devido a ventos fortes, descargas atmosféricas e chuva intensa. Na sequência, as regiões Leste e Norte também foram atingidas.

No site do Simepar consta que as rajadas de vento em Umuarama chegaram a 43.6 km/h. O vento foi mais forte em Cidade Gaúcha e Maringá, onde houve registro acima de 70 km/h.

ESTRAGOS

A Defesa Civil de Umuarama ainda não finalizou o levantamento, porém mais de cinco casas foram destelhadas, além de empresas.

Internautas registraram o tombamento de árvores na região do Lago Aratimbó e Harmonia Club de Campo (HCC). Uma árvore chegou a cair sobre um carro dentro do HCC e o SAMU foi acionado, pois um motociclista ainda bateu nesta árvore caída.

PREVISÃO

A previsão do tempo vem oscilando muito desde o início da grande onda de calor, que vem acometendo parte do Brasil. Em Umuarama não havia previsão de chuva ou temporal para quarta-feira e conforme o Simepar, a quinta-feira (8) será de mudanças mais significativas em todas as regiões paranaenses.

Os ventos nas diversas camadas da atmosfera favorecem para a o desenvolvimento de aglomerados de nuvens convectivas desde o norte do Rio Grande do Sul até o Paraná.

Na divisa com Santa Catarina e fronteira com o Paraguai e a Argentina estão previstas chuvas mais expressivas desde a madrugada que se estendem para o período diurno, isto é, previsão de chuvas uniformes e contínuas. Na metade norte paranaense o dia amanhece com predomínio de sol, por isso aquece bastante e os temporais ocorrem a partir da tarde.