Umuarama

CORONAVÍRUS

UTI credenciada de Umuarama está com 50% dos leitos para Covid-19 ocupados

13/06/2020 08H20

O boletim diário da Covid-19 do Hospital Uopeccan de Umuarama mostra que 50% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados ao atendimento dos pacientes com a doença, estão ocupados. O hospital foi credenciado pelo Governo do Paraná como referência no atendimento do novo coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS), para a região de Umuarama.

Conforme boletim do Hospital Uopeccan, emitido na manhã de ontem, dos 10 leitos de UTI habilitados para Covid-19 em Umuarama, cinco estavam ocupados. Ainda segundo o informe diário, na enfermaria Covid-19 havia quatro pessoas internadas. Umuarama por ser gestão plena de saúde, atende os pacientes dos 21 municípios integrantes da 12º Regional de Saúde.

Conforme a diretora da 12º Regional de Saúde, Viviane Herrera, além dos 10 leitos de UTI na 12ª Regional de Saúde, o Governo do Estado trabalha com contrato de leitos Covid-19 exclusivos por macrorregião. “A nossa macrorregião é formada por cinco Regionais de Saúde com o total de 102 leitos de UTI e 227 leitos de enfermaria e a taxa de ocupação de leitos no Noroeste do estado está em 30% (UTI) e 19% (enfermaria)”, explicou.

Ainda segundo Viviane, a Secretaria Estadual de Saúde também tem a capacidade de ampliação de leitos de acordo com necessidade epidemiológica. “Ou seja, a medida que aumenta a taxa de ocupação desses leitos, automaticamente são ampliados novos. Já temos um estudo de leitos em nossa regional e se necessário serão habilitados”, ressaltou a diretora da 12ª Regional de Saúde.

BOLETIM UMUARAMA

No informativo da Covid-19 de Umuarama, a cidade conta com 48 casos positivos, sendo que destes, duas pessoas estão na UTI, sete em isolamento domiciliar e 38 recuperados da doença. O boletim também mostra que a cidade conta com 89 suspeitos em acompanhamento para síndrome gripais, todos em isolamento domiciliar.

PARANÁ EM ALERTA

O Paraná completou ontem três meses da confirmação dos primeiros casos de coronavírus em um momento de alerta no que se refere ao combate à doença no Estado. A curva da infecção acelerou consideravelmente, especialmente nos últimos 30 dias.

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, no dia 12 de maio eram 1.906 casos confirmados e 113 óbitos em decorrência da Covid-19. Já o levantamento de quinta-feira revela 8.457 infectados, um aumento de 344%. O número de residentes no Paraná que perderam a vida aumentou 148%, chegando a 280 mortes. Os recuperados somam 2.887 pessoas.

Apenas no mês de junho foram 3.779 confirmações (ou 44% do total) e 99 mortes (35%), o que fez o governador Carlos Massa Ratinho Junior reforçar a orientação para medidas de isolamento social e também sanitárias e preventivas, como uso de álcool gel, máscaras e evitar aglomerações.

LEITOS

O Paraná mantém uma taxa controlada de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para adultos, atualmente de 51%, e de enfermarias, também para adultos, de 30%. Em relação a UTIs, o maior índice de ocupação está na macrorregião Oeste, que abriga Cascavel, Pato Branco e Foz do Iguaçu, entre outros municípios. A taxa é de 67%. Já em relação a enfermarias, a macrorregião Leste, responsável pelo Litoral e Região Metropolitana de Curitiba, apresenta ocupação de 37%.