Cotidiano

NO PARANÁ

União das Forças de Segurança nasce com campanha para valorização do policial

24/02/2021 17H47

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (24) o lançamento oficial da UFS, União das Forças de Segurança Pública do Paraná, com o objetivo de fortalecer a luta dos profissionais da área pela devida valorização e garantia de direitos.

Representantes das 11 entidades que compõem a UFS estiveram presentes e destacaram a preocupação com a desmotivação e desvalorização dos agentes da segurança pública diante de tamanho descaso do Governo Estadual.

Crise

“A crise está instalada, há uma desmotivação gigantesca entre os policiais. Não podemos esquecer que, por trás do uniforme ou da farda existe um pai de família, uma mãe de família. Como vamos para as ruas, trabalhar tranquilamente, sabendo que nossas famílias estão desguarnecidas? Não queremos baderna, queremos diálogo, para uma solução conjunta. Até quando nossos policiais vão aguentar, sem valorização remuneratória?”, destacou o presidente da ADEPOL, Daniel Fagundes.

Campanha

A campanha terá uma forte atuação em todo o Paraná com o engajamento de toda a categoria e a população em geral, por meio das redes sociais e também por mídia impressa, inclusive, outdoors e painéis de LED para mostrar para a sociedade a verdadeira realidade do efetivo das polícias do estado.

Busca de solução

Dando continuidade aos pronunciamentos, o vice-presidente da ASSOFEPAR, coronel Edmilson de Barros, ressaltou que a atuação será de forma educada e ordenada, respeitando os limites legais de cada entidade. “Queremos ser ouvidos, poder sentar com o governador e buscar uma solução efetiva. Sabemos das dificuldades do Estado, mas precisamos dar uma expectativa para o nosso pessoal, a valorização pelo sacrifício diário da profissão”, explicou ele.

Resultados positivos

Finalizando os pronunciamentos, o presidente da APML, Subtenente Marcelo Amaro, representando as praças da Polícia Militar do Paraná, destacou que a segurança pública não é feita pelo governador, é feita pelos policiais. “São deles os resultados positivos que vemos nas notícias. Homens e mulheres que são representados por essa união das forças de segurança pública”, ressaltou.

Além de profissionais da imprensa e representantes das entidades sindicais e associativas, também estiveram presentes o Delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach; e o Comandante-geral da PMPR, Coronel Hudson Leôncio Teixeira.

UFS

A União das Forças de Segurança – UFS é composta por 11 entidades dos policiais civis, policiais militares, policiais científicos e policiais penais: Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná – SINCLAPOL, Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Paraná – ADEPOL, Sindicato dos Policiais Penais do Paraná – SINDARSPEN, Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Paraná – ASSOFEPAR, Associação da Vila Militar – AVM, Associação dos Policiais Militares do Litoral – APML, Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná – SINPOAPAR, Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares Ativos Inativos e Pensionistas – AMAI, Clube dos Oficiais da PMPR, Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná – SIDEPOL e Sociedade Beneficente dos Subtenentes e Sargentos – SBSS.