Umuarama

CORONAVÍRUS

Umuarama registra crescimento de 88% nos casos de Covid-19, em uma semana

18/05/2020 09H06

O mês de maio ficará registrado como o marco do desenvolvimento da transmissão do novo coronavírus em Umuarama. A disseminação do vírus, que vinha sendo branda na cidade, saltou após o dia 10 de maio – Dia das Mães.

Em sete dias, a Secretaria Municipal de Saúde viu o número de casos confirmados de Covid-19 disparar no município, com aumento de 88%.

Na segunda-feira (11), a Secretaria Municipal de Saúde tinha o registro de oito pessoas que haviam contraído a doença, mas ao longo da semana o número de confirmados aumentou e o boletim municipal fechou domingo (17) com 15 confirmações de Covid-19.

O boletim de domingo também apresentou um aumento significante no número de casos suspeitos de 124 para 167, crescimento próximo a 34%, em relação ao início da semana.

PRIMEIRO CASO EM CRIANÇA

A semana ainda fechou com o primeiro caso de Covid-19 em uma criança. A doença foi diagnosticada em uma menina de dois anos, que teve contato com pacientes positivados para o novo coronavírus, esses pacientes seriam parentes da criança. Segundo a secretaria, o quadro de saúde da menina é estável e a pacientes está em isolamento domiciliar

SECRETARIA DE SAÚDE

A secretária de saúde Cecília Cividini, alertou que, após cada feriado existe um aumento considerável de suspeitos em Umuarama e para cada caso confirmado, esse pode contaminar 10 pessoas.

A aumento de casos coloca o município em uma cadeia progressiva, ressaltou a secretária e próxima do quadro em que os hospitais ficariam sem leitos para atender todos os doentes com Covid-19. Uma vez que a região também vem apresentando casos confirmados da doença e os pacientes são referenciados para Umuarama.

ESTRUTURA HOSPITALAR

Dados da 12ª regional de Saúde de Umuarama informam que a cidade possui 44 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adultos, sendo 40 habilitados, seis leitos de UTI pediátricas e 15 leitos de UTI neonatal. Destes, 10 leitos de UTI foram preparados para Covid-19 na Uopeccan e outros 34 a habilitar (22 Hospital Cemil, 10 Instituto Nossa Senhora Aparecida e 2 Norospar), conforme necessidade. A Uopeccan ainda possui 4 leitos equipados no pronto socorro para Covid-19.

A preocupação das autoridades de Saúde é com o surgimento agressivo de casos de Covid-19 ao mesmo tempo. A situação colocaria o sistema de saúde municipal e regional em colapso, pois os pacientes dos 21 municípios da região são atendidos no sistema de saúde de Umuarama.

ISOLAMENTO CAI E VÍRUS SOBE

Segundo matéria publicada no jornal Gazeta do Povo de Curitiba, no mês de maio, o Paraná apresentou o pior isolamento social desde o início da implantação das medidas de prevenção contra o coronavírus.

Os dados foram verificados pela empresa In Loco Inteligência de Dados e mostram que no Estado o isolamento foi de 37,9%, o pior desde o dia 20 de março quando era 40,1%.

Em Umuarama, a situação não é diferente. Muitas pessoas estão caminhando ou passeando, após as 18 horas, e muitas vezes sem máscaras. Outro exemplo de redução do isolamento social na cidade é a aglomeração nas conveniências de alguns postos de combustíveis e sempre sem máscaras.