Cotidiano

TENTATIVA DE SUBORNO

Traficante de Mariluz oferece R$ 200 mil à policiais para não ser preso

18/12/2020 18H37

Um traficante de 32 anos tentou subornar os policiais civis durante o cumprimento de mandado de prisão e de busca e apreensão na casa do criminoso, em Mariluz, segundo a polícia. Aos investigadores ele teria oferecido R$ 200 mil em dinheiro para não ser preso, segundo a Polícia Civil.

Suborno

O incidente ocorreu na manhã desta sexta-feira (18), durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão em Umuarama e Mariluz, no âmbito de uma operação de combate o tráfico de drogas deflagrada pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) de Umuarama. Com o traficante os policiais ainda encontraram uma pistola da marca Glock, calibre 9mm, equipada com um sistema de disparo por rajadas.

Prisão

Apesar da oferta, A.N.D.O. recebeu voz de prisão pelo mandado em aberto, pela posse ilegal da arma de fogo e ainda foi autuado em flagrante pelo crime de corrupção ativa, segundo a polícia. O traficante foi trazido para a delegacia da Polícia Civil de Umuarama e após encaminhado para a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (PECO), uma vez que Mariluz pertence a comarca de Cruzeiro do Oeste.

Segundo a Polícia Civil, na residência diligenciada foi encontrado o traficante, que era foragido da Justiça e que possuía um mandado de prisão em aberto expedido pela vara de execuções penais de Cruzeiro do Oeste. Além disso, no quarto onde o suspeito estava ainda a pistola apreendida.

Mais mandados

Nesta mesma data foram cumpridos outros três mandados de busca e apreensão em residências localizadas em Umuarama. Nesses locais houve apenas a apreensão de aparelhos celulares que serão analisados pelo setor de inteligência da Polícia Civil, segundo nota emitida pelo delegado adjunto da 7ª SDP, Gabriel Menezes.

Ainda segundo a nota, na quarta-feira (16) o GDE Umuarama cumpriu outros três mandados de busca e apreensão no município de Mariluz. Nestes locais nada de ilícito foi encontrado. Todos os mandados de busca citados acima pertencem a uma mesma investigação da Polícia Civil de Umuarama de combate ao tráfico de drogas em Umuarama.