Cotidiano

EM GOIOERÊ

Suspeita de desaparecer com casal se cala durante depoimento

15/09/2020 15H26

Kawane Cleve e Rubens Biguetti estão desaparecidos desde 03 de agosto – foto redes sociais

A mulher de 23 anos, apontada pela polícia como uma das envolvidas no desaparecimento do casal Kawane Cleve, 23 e Rubens Biguetti Júnior, 29, permaneceu em silêncio durante o depoimento prestado nesta segunda-feira (14) ao delegado encarregado do caso Adaílton Ribeiro Júnior.

PRISÃO

De acordo com o delegado, a suspeita usou seu direito constitucional de se manifestar apenas em juízo. Ela está presa temporariamente por 30 dias deste o início de setembro por envolvimento no desaparecimento do casal de Goioerê, segundo a Polícia Civil. Contra ela ainda pesa a decretação de uma prisão preventiva por tráfico de drogas, em outro inquérito, que também corre pela delegacia da Polícia Civil de Goioerê.

CORPOS

Segundo Adaílton Ribeiro, as investigações seguem para identificar outros envolvidos no crime e também para encontrar os corpos de Kawane Cleve e Rubens Biguetti desaparecidos há 42 dias, após o filho de apenas três meses ser encontrado abandonado em uma calçada no Jardim Curitiba, na noite do último dia 03 de agosto. O carro da família, um Honda Civic foi encontrado totalmente carbonizado na manhã seguinte em uma área rural de Moreira Sales, distante 25 km de Goioerê.

BUSCAS

Desde então a polícia e familiares começaram uma verdadeira maratona em toda a região em busca de Kawane e Rubens, infelizmente sem sucesso até agora. Cães farejadores, bombeiros e policiais militares de Cianorte e Umuarama reforçaram as equipes de busca além das equipes Tigre e Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil.