Umuarama

DINHEIRO NA PRAÇA

Sicoob Arenito distribui R$ 3,3 milhões em sobras para os seus cooperados

11/05/2020 10H54

Presidente do Sicoob Arenito, Waldir Campana

Uma ótima notícia para a economia regional. O Sicoob Arenito fará nesta segunda-feira (11) a distribuição de R$ 3,3 milhões em sobras para seus cooperados. O montante refere-se ao exercício financeiro de 2019 e é 32,42% maior que o do ano anterior.

Para o presidente do Sicoob Arenito, Waldir Campana, o recorde de sobras comprova que a cooperativa está cada vez mais consolidada, gerando e compartilhando riquezas, além de cumprir com o objetivo de sua existência, que é estar ao lado da comunidade.

“É um dinheiro que vem em boa hora pelo momento de pandemia que estamos atravessando. O Sicoob Arenito fez a lição de casa, promoveu crescimento e o resultado positivo é compartilhado com os verdadeiros donos do negócio, os cooperados”, diz Campana.

Conhecido como sobras, o resultado positivo da cooperativa é repartido entre os cooperados na proporção das operações que cada um realiza com a instituição.

Exemplificando: quem aplicou em RDC (Recibo de Depósito Cooperativo), o tradicional CDB bancário ou em LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) vai receber uma remuneração adicional de 1,49%, ou seja, a cada R$ 100 mil aplicados durante 12 meses terá uma sobra extra de R$ 1.490, creditado em sua conta corrente, que numa taxa Selic no cenário atual de 3% ao ano representará cinco meses adicionais de remuneração.

A cooperativa também recompensará os depósitos à vista em 1,87%, com remuneração sobre juros pagos em empréstimos contratados de 1,61% e para as tarifas pagas 8,83%. Dessa maneira, os ganhos voltam para a comunidade onde os associados estão inseridos, proporcionando desenvolvimento econômico, social e sustentável para o negócio. Depósito à vista é o valor que o cooperado deixa em conta corrente para pagar seus compromissos diários.

Diferenciais

As sobras são apenas um dos diferenciais das cooperativas de crédito, que não deixam nada a desejar no comparativo com os bancos tradicionais, uma vez que oferecem os mesmos produtos e serviços. Há também as taxas de juros mais competitivas e o atendimento individualizado, mais próximo e mais humano.

Além da distribuição de sobras, o Sicoob Arenito realizou em dezembro/2019 o pagamento de R$ 1,3 milhão referente aos juros do capital social que é integralizado por todos os cooperados. O pagamento dos juros ao capital social é uma remuneração direta ao valor que o associado investiu na sua admissão ou em decorrência da sua permanência na cooperativa.

Crescimento

Mesmo com tantas adversidades na economia, 2019 foi um ano singular na trajetória de crescimento do Sicoob Arenito. A cooperativa dobrou o número de agências e postos de atendimento (agora são 18) e isso permitiu uma maior conquista de associados, de 17,40%.

Na região de Umuarama, cidade onde o Sicoob Arenito nasceu, foram abertas agências também em Pérola e Tapejara. Dentro dos novos padrões arquitetônicos, foi entregue a moderna agência da avenida Paraná, caminho para o Lago Aratimbó, que substituiu a unidade da avenida Tiradentes.

A cooperativa também ampliou sua presença no Estado de São Paulo, com investimentos na capital, em Santos, São Vicente, Embu das Artes, Cotia, Taboão da Serra e São José dos Campos.

Nova agência

Nos próximos dias, o Sicoob Arenito vai inaugurar uma nova agência em Umuarama, uma estrutura imponente, digna do seu crescimento, na avenida Padre José Germano Netto. Num primeiro momento será dado início ao funcionamento da agência, na parte térrea, e na sequência será ativada a estrutura da nova sede administrativa. No total são quase 3.500 metros quadrados de área construída, incluindo auditório para 200 pessoas e amplo estacionamento privativo. “Será um marco na nossa trajetória, com mais espaço e diferenciais para atender os cooperados e seguir crescendo”, destacou Waldir Campana.