Umuarama

Imunização

Secretaria de Saúde inicia campanha de vacinação contra a gripe (influenza)

13/04/2021 09H30

Jornal Ilustrado

 Secretaria Municipal de Saúde iniciará a vacinação contra a gripe para o grupo prioritário nesta terça-feira, 13, em Umuarama. O objetivo é prevenir a contaminação do vírus influenza, que costuma circular no Brasil com mais intensidade a partir de março e pode causar a SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

Neste primeiro momento serão vacinados crianças (entre seis meses e seis anos incompletos), gestantes, puérperas, povos indígenas e profissionais de saúde que tenham tomado a vacina contra a Covid-19 há pelo menos 14 dias, conforme orientação do Ministério da Saúde. Esse grupo deverá procurar as unidades de saúde do Jardim Lisboa e do Conjunto Sonho Meu, das 7h às 11h30 e das 13h30 às 17h. É importante agendar o atendimento para evitar aglomeração.

A 23ª campanha nacional de vacinação acontecerá entre 12 de abril e 9 de julho e a meta é vacinar pelo menos 90% da população-alvo, estimada em 4,4 milhões de pessoas no Paraná. Em todo o país, o Ministério da Saúde espera vacinar 90% dos grupos elegíveis, que somam mais de 79 milhões de pessoas. No ano passado foram notificadas 2.150 hospitalizações por SRAG no território nacional.

Na última semana, a Secretaria de Estado da Saúde realizou reuniões online com equipes profissionais das 22 Regionais de Saúde para o alinhamento de ações da campanha. Com a pandemia e a campanha de vacinação contra a Covid-19 em andamento, as estratégias para imunizar contra a gripe exigirão um esforço maior das equipes que atuam nas salas de vacinas. As Regionais vão replicar as informações aos municípios, que têm a responsabilidade de organizar a campanha em suas áreas.

Para iniciar a primeira fase o Estado recebeu 372 mil doses enviadas pelo Ministério da saúde. Na campanha anterior a cobertura vacinal chegou a 92,01% no Paraná. Neste ano, a vacina continuará de forma escalonada. Os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas.

ETAPAS

Até 10 de maio serão imunizadas crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses de vida, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde. Na segunda etapa, de 11 de maio a 8 de junho, a vacinação abrangerá pessoas com 60 anos ou mais, professores das escolas públicas e privadas.

Na terceira etapa, de 9 de junho a 9 de julho, estão pessoas com comorbidades, deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.