Umuarama

Vai Faltar Água

Seca e aumento no consumo de água deixam em alerta abastecimento de Umuarama

09/10/2020 08H22

A Sanepar registrou ontem elevação de 10% no consumo de água em Umuarama, Cianorte e Cruzeiro do Oeste em relação aos volumes consumidos no fim de semana e que já foram recordes. O aumento coloca em risco o abastecimento da Capital da Amizade, uma vez que a estiagem de mais de 30 dias vem reduzindo a vazão do rio Piava, único manancial capaz de abastecer a cidade.

Segundo a assessoria da Sanepar, além do aumento das temperaturas e a estiagem que vem afetando a vazão do rio, Umuarama sofreou na noite de quarta-feira (07) com fortes ventos, que carregaram muita sujeira na cidade. Para tentar limpar as casas a população acaba utilizando mais água.

O gerente regional da Sanepar, Carlos Henrique Gonçalves, alerta que a crescente demanda de água coloca o sistema de produção em risco. “A estiagem provocou redução das vazões nos rios e poços que abastecem essas e outras cidades da região e, por outro lado, o gasto de água aumenta cada dia mais, o que pode deixar nossos sistemas de abastecimento em risco”, explica.

Sem chuvas consistentes previstas para os próximos dez dias, é imprescindível que todos adotem hábitos de consumo racional da água, ressaltou a Sanepar em nota. A orientação é para que seja priorizado o uso na alimentação e higiene pessoal. As limpezas mais pesadas, como lavagem de carros, calçadas e fachadas, devem ser adiadas até que a situação se normalize.

 REAPROVEITAMENTO

Reaproveitar a água do tanque e da máquina de lavar roupas pode contribuir muito com o consumo consciente. O reuso dessas águas pode ser feito na limpeza externa, no vaso sanitário e na rega de hortas e jardins. Reduzir o tempo do banho, fechar as torneiras durante a lavagem da louça, da escovação de dentes e do barbear são ações pequenas que representam muito na economia de água.

Ao encontrar qualquer tipo de vazamento de água na rua, a população deve avisar imediatamente a Sanepar pelo telefone 0800 200 0115.

 Confira dicas de consumo de água:

  1. Mantenha a torneira fechada ao lavar as mãos, escovar os dentes, fazer a barba e ao ensaboar a louça.
  2. Tome banhos curtos.
  3. Evite duchas de alta pressão.
  4. Organize a louça antes de lavá-la.
  5. Só ligue a lava-louças e a lava-roupas quando estiverem cheias.
  6. Se possível, prefira usar a lava-louças no lugar da maneira tradicional de limpeza.
  7. Se você tiver uma piscina, cubra-a com uma capa quando não estiver usando. As piscinas podem perder até 90% de sua água em um mês por conta da evaporação.
  8. No jardim, evite regar as plantas nos horários de sol forte.
  9. Use a vassoura para limpar o quintal, a calçada ou as áreas comuns de prédios e empresas – uma mangueira ligada por 15 minutos gasta 280 litros de água.