Policial

Acidente

Rodovia PR-323, em Umuarama, registra mais duas mortes

12/07/2019 16H29

Umuarama – Um grave acidente deixou duas pessoas mortas na tarde desta sexta-feira (12), na PR-323, próximo a Estrada Juvenal (na entrada dos pesqueiros) em Umuarama. Uma moto de alta cilindrada atropelou um trabalhador que prestava serviço ao Departamento de Estrada de Rodagem (DER) na limpeza do acostamento. Por causa do acidente o trânsito ficou lento e em meia pista por quase duas horas.

O condutor da moto e o trabalhador morreram no momento do impacto. O corpo do auxiliar Pedro Sapala, de 48 anos, foi jogado para cima e caiu a 24 metros do ponto de impacto. Uma das pernas do trabalhador foi arrancada e ficou a 44 metros do corpo.

IMPACTO

Já o corpo do condutor caiu 72 metros depois e a moto ficou ainda mais distante, a 85 metros do ponto do impacto. Dois peritos do Instituto de Criminalística estiveram no local. Eles e a Polícia Rodoviária Estadual estimam que o veículo, que seguia no sentido Umuarama a Cruzeiro do Oeste, estava em alta velocidade. Somente após o laudo será possível um número exato.

INDO PARA CASA

“Estávamos recolhendo tudo para irmos para casa. O Pedro atravessou a pista para pegar a placa indicando velocidade de 40 km/h e o cone. Na volta ele parou no acostamento, olhou. Não vinha carro. Ele já tinha passado a faixa amarela. Só escutei o barulho da moto. Quando olhei só vi o farol vindo e ainda gritei ‘Pedro’. Ele só largou tudo no chão mas não deu tempo de nada. A moto o acertou e foi parar lá longe”, relatou o chefe da equipe de Sapala, o trabalhador Claudecir Sutério da Silva, de 50 anos.

A equipe estava desde às 7 horas limpando as canaletas do acostamento na rodovia e se preparava para ir embora, por volta das 15 horas, quando houve a colisão. Muito abalado, Silva contou que conhece o companheiro de trabalho há 15 anos. “Trabalhamos juntos há cerca de um ano, mas o conheço há muitos anos. Uma pessoa séria, calada, na dele”, disse Silva. Foi ele quem confirmou por telefone a morte do colega ao filho de Pedro Sapala. Todos são moradores de Cruzeiro do Oeste.

SEM IDENTIFICAÇÃO

Segundo o sargento Esgló, da Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste, o condutor da motocicleta não portava documentos e a placa da moto Honda 1100 cilindradas é paraguaia. O veículo foi recolhido ao pátio da PRE. A vítima estava de bermuda, camiseta e chinelos. Os dois corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama.