Política

Visita

Ratinho Júnior propõe enxugar a máquina e reduzir preço do pedágio

24/08/2018 17H26

Ratinho Júnior fala em entrevista entre deputados, prefeitos e candidatos

Umuarama – O candidato ao Governo do Paraná, Ratinho Júnior, retornou a Umuarama e participou de uma coletiva com a imprensa e reunião de trabalho com os correligionários locais e regionais. Ele disse que está formando um grupo de trabalho do Noroeste, reafirmou compromissos com a duplicação da rodovia PR-323 e garantiu que, se eleito, vai enxugar a máquina administrativa.

A meta é enxugar a máquina pública e reduzir em pelo menos 50% o número de secretarias. Ele pretende fazer uma grande reforma, com planejamento de quatro anos e dará total apoio ao servidor público. “Mas é preciso acabar com as mordomias dos governantes, entre elas, uma ilha na pria e uma chácara em Curitiba que ficam à disposição da família do governador”. Ratinho afirmou que pretende transformar a chácara em área de ensino técnico na agropecuária e a ilha vai vender para aplicar os recursos em infraestrutura estadual.

O candidato falou com a imprensa no auditório do Hotel Spazio, ao lado do candidato a senador Oriovisto Guimarães, candidatos a deputado estadual e federal, prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom e outros da região, além de outras lideranças.

Transporte

No setor de transportes, Ratinho Jr ratificou o compromisso de duplicar a rodovia PR-323, além de investimentos em outras duas rodovias no Paraná, a PR-092 no Norte Pioneiro e a PR-280 entre Francisco Beltrão e Curitiba. “São rodovias importantes para o escoamento da produção agrícola e pecuária, além de outras atividades do campo no Paraná”, disse.

Outro ponto que precisará de pulso firme do governo, segundo ele, é a renovação dos contratos de pedágios que precisarão ser feitos até 2021. A proposta dele é abrir uma licitação com a possibilidade de participação de empreiteiras do exterior. “Com isso, vamos evitar a combinação de preços e atrair investidores de todo o mundo para o Paraná”, comentou. Segundo avaliação do Tribunal de Contas da União, ele disse que a meta é reduzir em torno de 40 a 50% o valor das tarifas cobras hoje nas rodovias pedagiadas do Estado, as mais caras do mundo.

O candidato Ratinho afirma que tem prioridades para todos os setores, incluindo ainda Agricultura, Saúde, Educação e também a segurança. Afirmou que o plano de governo já está montado, mas ainda buscando sugestões nas andanças pelo Paraná.