Cotidiano

ALTA PERICULOSIDADE

Quadrilha que roubou PM escolheu Cruzeiro como base para crimes

29/10/2018 17H48

Na casa da quadrilha a polícia encontrou armas, celulares e diversos objetos que facilitavam o arremesso de celulares para dentro da Peco (foto divulgação PM)

Cruzeiro do Oeste – Uma quadrilha desbaratada pela polícia durante o fim de semana teria escolhido Cruzeiro do Oeste como base para cometer uma série de crimes em toda a região, segundo a Polícia Civil.

Os suspeitos foram presos após dois deles tentarem roubar o carro de um policial militar que chegava em casa durante a noite de domingo (28), em Cruzeiro do Oeste. Houve troca de tiros. Ninguém ficou ferido.

Segundo o delegado plantonista Thiago Soares, o grupo locou uma casa em Cruzeiro há cerca de 30 dias com a intenção de manter uma base para o cometimento de crimes. Todos seriam oriundos de Curitiba, segundo a polícia. Pelo menos um roubo de carro, ocorrido no dia 22, teria sido cometido pelo grupo.

“Na casa encontramos armas, diversos celulares, drogas, balanças de precisão e objetos que podem ser usados para arremessar celulares para dentro da penitenciária”, explicou Soares. Os suspeitos estão sendo acusados de latrocínio na forma tentada, tráfico de drogas, associação criminosa, corrupção de menores, porte de arma com numeração suprimida.

LATROCÍNIO

Segundo a Polícia Militar, um soldado foi abordado quando chegava em casa durante a noite de domingo (28). Os dois criminosos tentaram roubar o veículo. Ainda segundo a PM, quando os ladrões visualizaram o colete balístico, identificaram a vítima como militar e teriam começado a atirar em direção ao policial que revidou. Os criminosos teriam fugido, segundo a PM.

O policial pediu reforço da radiopatrulha e da Rotam e durante patrulhamento um dos suspeitos foi localizado. Durante a abordagem os militares encontraram um revólver calibre 32 com três munições intactas. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito teria confessado ser um dos autores da tentativa de roubo.

ARMA E DROGAS

O suspeito indicou os militares seu endereço residencial, onde os policiais encontraram mais três pessoas, entre elas um adolescente de 17 anos. No local também foi encontrada uma pistola calibre 380 com numeração raspada, uma munição calibre 32, uma porção de sete gramas de maconha, uma porção de 61 gramas de crack, uma balança de precisão, um caderno contendo contabilidades diversas com nomes de pessoas, um simulacro de pistola, cinco celulares entre outro objetos, segundo a PM. Dois adultos receberam voz de prisão e um adolescente foi apreendido.

De acordo com a Polícia Militar, minutos após a equipe da Rotam abordou um quinto indivíduo que admitiu ser o autor da tentativa de assalto, sendo preso em flagrante.