Cotidiano

AÇÃO RÁPIDA

Quadrilha presa se passou por polícia para roubar mais de R$ 260 mil

20/07/2020 16H46

A mercadoria recuperada a princípio teria entrado no País ilegalmente e será encaminhada à Receita Federal (Foto divulgação Polícia Civil)

A audácia dos criminosos não tem limites. Neste domingo (19) a Polícia Civil prendeu ainda em flagrante cinco suspeitos de envolvimento a um roubo a residência na rua Bahia, na Zona II, em Umuarama, no fim da manhã de sábado (20).

ELETRÔNICOS

Na ação três criminosos se passaram por policiais, usando fardamento e colete balístico, além de um Fiat Línea com um giroflex ligado. O assalto durou cerca de 3 minutos e os ladrões fugiram levando uma caminhonete L200 Triton carregada com eletrônicos avaliados em pelo menos R$ 266 mil ou cerca de US$ 50 mil.

CAMINHONETE

O veículo foi encontrado abandonado e com as chaves na ignição horas depois no Parque Industrial, segundo a Polícia Militar.

Já a mercadoria roubada foi recuperada na manhã de domingo no bairro vizinho, o Arco Íris, na residência de um dos suspeitos presos, J.C.F.D.O, de 26 anos.

Segundo o delegado-operacional da 7ª SDP, Gabriel Menezes, o alvo da quadrilha seria os produtos eletrônicos. A princípio a mercadoria teria entrado no Brasil através do Paraguai, não teria nota fiscal e foi encaminhada para a Receita Federal.

CAPIOTO

Ainda segundo o delegado, o suspeito J.C.F.D.O também como um dos envolvidos no roubo ao malote do supermercado Capioto no último dia 05 de junho, quando mais de R$ 80 mil foram levados pelos ladrões. Contra ele já havia um mandado de prisão decretada pela Justiça por esse crime.

O ROUBO

Segundo a polícia, três homens em um veículo Fiat Línea entraram na casa da vítima e deram voz de assalto. Os ladrões estavam utilizando roupas que simulavam fardamento policial, inclusive com colete balístico, e o veículo Línea possuía um giroflex.

Na ação criminosa eles fugiram levando uma camioneta L200 Triton carregada com produtos eletrônicos. Informações levantadas no local do crime indicaram que um veículo Honda Civic, cor preta deu apoio na ação criminosa.

INVESTIGAÇÃO

Segundo o delegado, após comunicação de roubo, uma equipe do Grupo de Diligências Especiais (GDE) da Polícia Civil de Umuarama iniciou diligências investigativas para apurar os fatos e conseguiu efetuar a prisão de cinco suspeitos do crime, identificados como J.C.F.D.O (26 anos), J.F.B (29 anos), J.V.R (28 anos), E.A.D.S (28 anos) e R.H.P (21 anos).

TORNOZELEIRA

Todos os detidos foram encontrados com o Honda Civic preto no bairro Arco Iris. Eles foram abordados pelos investigadores e identificados. Segundo a polícia, dois dos abordados usavam tornozeleira eletrônica e estavam com os equipamentos revestidos com papel alumínio.

Ainda segundo a polícia, os suspeitos J.C.F.D.O (26 anos) e J.F.B (29 anos) quebraram seus aparelhos celulares no momento da abordagem, como forma de evitar a análise dos eletrônicos pela polícia.

NEGATIVA

Segundo o delegado Gabriel Menezes, no momento da abordagem todos negaram envolvimento com o crime, mas na sequência os policiais foram até a residência de J.C.F.D.O, localizada a cerca de 100 metros do local da abordagem.

No imóvel foi encontrado todo o carregamento de eletrônicos roubado além de um bloqueador de sinal, utilizado em crimes de roubo a veículos, como forma de evitar o rastreamento de veículos que são monitorados por rastreadores, segundo a polícia.

MONITORAMENTO

Segundo o delegado, a prisão dos responsáveis pelo roubo foi possível porque os investigadores já possuíam informações de que esses suspeitos estavam envolvidos em outros roubos ocorridos recentemente na cidade. Parte do grupo já estava tendo a rotina monitorada pois eram apontados como autores de outros roubos praticados com a mesma forma de agir.