Umuarama

Agricultura

Produção de hortaliças de Umuarama não apresenta perdas significantes, segundo Secretaria

09/07/2019 09H57

O frio demorou, mas chegou e os termômetros de Umuarama registraram as menores temperaturas do ano. Nas regiões mais baixas, próximas a rios e córregos, uma fina camada de gelo cobriu as plantas, com temperaturas chegando a 0 ºC (dado da estação meteorologia da UEM). Porém, a geada não foi suficiente para levar prejuízo à produção de hortaliças do município.

Segundo o agrônomo da Secretaria de Agricultura de Umuarama, Márcio Rezende, a incidência de geadas na zona rural de Umuarama não foi tão agressiva e até a manhã de ontem as perdas não foram superiores a 5% da produção de hortaliças do município.

Ainda segundo Rezende, os números podem aumentar, pois os prejuízos da geada em algumas culturas começam a aparecer após três dias do ocorrido. “Os prejuízos não foram grandes para chegar a prejudicar o abastecimento do mercado interno. Muitos produtores usaram técnicas para amenizar a situação e conseguiram salvar a produção”, disse.

O agricultor Ademir Ragazi, presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais de Umuarama (Cooperu), explicou que os maiores prejuízos foram registrados nas propriedades em Lovat e Cruzeiro do Oeste. “Os prejuízos foram mais localizados, em algumas propriedades em Lovat e Cruzeiro do Oeste na cultura de alface-americana, batata e berinjela”, explicou.

Impacto no mercado – Como a geada não impactou de forma significante na produção de Umuarama os valores das hortaliças para o consumidor não deve apresentar alteração. “Não acredito em alta, o valor da alface, por exemplo, deve continuar entre R$ 2,00 a R$ 2,25. Vamos observar como vai se comportar as plantas nos próximos dias”, informou Ragazi.

Previsão Simepar

O núcleo da massa de ar frio e seco se afasta do continente assim o frio começa a perder força sobre as regiões paranaenses a partir de hoje. Contudo, nas regiões Sul, Central e Campos Gerais geadas ainda estão previstas. Nas faixas norte e oeste, o frio não será tão rigoroso quanto dos últimos dias. No período da tarde o tempo seco favorece a diminuição da umidade do ar em todas as regiões.