Cotidiano

UMUARAMA

Preso ex-PM apontado como chefe de quadrilha de assaltantes do PIX

18/11/2021 20H27

O delegado adjunto da 7ª SDP de Umuarama Gabriel Menezes

Um ex-policial militar de 31 anos é apontado como o chefe de uma quadrilha de roubos a residências em Umuarama, especializada em obrigar as vítimas a realizarem transferências bancárias pelo sistema PIX. Nos últimos dois meses o grupo fez comprovadamente ao menos 4 assaltos, sendo 3 em Umuarama e um em Mariluz, segundo a Polícia Civil.

O suspeito foi preso na manhã desta quinta-feira (18), em Mariluz (a 35 km de Umuarama), pelo Grupo de Diligências Especiais da Polícia Civil de Umuarama, após mais um assalto, ocorrido no fim da madrugada, na rua Marialva, na área central da cidade, onde as vítimas foram mantidas reféns e os criminosos levaram um VW Gol, celulares, tablet, joias e obrigaram as vítimas e realizar R$ 6 mil em transferências.

Com o ex-policial militar os investigadores encontraram o tablet e joias, que foram reconhecidas pelas vítimas. Ele foi abordado quando andava em seu carro pelas ruas de Mariluz, onde reside.

A quadrilha

Um segundo comparsa também foi detido quando chegava em sua casa, aqui em Umuarama. Agora a Polícia Civil espera prender outros três suspeitos de integrar a organização criminosa. Uma sexta pessoa também está sob investigação. Ela seria a beneficiária das transações bancárias.

Segundo o delegado adjunto da 7ª SDP, Gabriel Menezes, por enquanto se tem apenas o nome da mulher, mas ainda não foi possível apurar se ela seria um ‘laranja’ ou se estaria dentro do esquema criminoso. Ainda segundo o delegado, em depoimento os dois suspeitos presos permaneceram em silêncio.

A investigação

De acordo com o delegado Gabriel Menezes, já tem em andamento um inquérito que investiga dois dos assaltos atribuídos a quadrilha, realizados nos dias 26 de outubro, em uma residência e no último dia 04 de novembro, em uma empresa em frente ao Parque de Exposições, onde um empresário foi obrigado a realizar R$ 37 mil em transferências. O valor foi recuperado pouco depois, com a reversão da transação.

PIX

“Como esses dois indivíduos já eram suspeitos de praticar esses roubos, quando fomos informados deste terceiro assalto ocorrido hoje, os investigadores já foram direto verificar os dois suspeitos. Foi assim que chegamos até eles”, explicou. O ponto chave é o modo de ação do grupo, que tem como alvo transferências bancárias.

“As vítimas contaram que os criminosos avisaram que iriam abandonar o carro levado hoje próximo ao Parque das Jabuticabeiras. Já realizamos diligências no local, mas até o momento o veículo não foi encontrado”, salientou o delegado.

O ex-PM

O homem de 31 anos apontado como chefe da quadrilha de assaltantes, pertencia a fileira da Polícia Militar até novembro de 2020, e atuou na área de abrangência do 7ª BPM, quando foi expulso após ser comprovado o seu envolvimento com o tráfico de drogas. Ele também já chegou a ser preso por violência doméstica.

Último roubo

O último assalto do grupo ocorreu por volta das 5h30 desta quinta-feira (18), em uma residência na Zona III, em Umuarama, segundo a Polícia Militar. Do local os ladrões levaram um VW Gol ano 2013, quatro aparelhos celulares e R$ 6 mil através de transferência bancária pelo sistema PIX.

Segundo a Polícia Militar as cinco vítimas (4 mulheres e um homem), conseguiram pedir ajuda por volta das 8h30. Aos policiais contaram que por volta das 5h30 um dos moradores abriu a porta da residência para o cachorro da família e ao sair foi surpreendido por dois criminosos, sendo um armado com revólver.

A vítima foi obrigada a entrar novamente na casa, na companhia dos ladrões, que renderam os outros quatro moradores. Após os bandidos reviraram toda a casa e obrigaram os moradores a fazerem transferência via PIX e fugiram em seguida levando, além dos celulares, o veículo da família, um VW/GOL, ano 2013, de cor branca, placas AWH-3320.