Cotidiano

EM GOIOERÊ

Presa 1ª suspeita de envolvimento no desaparecimento de casal

02/09/2020 19H00

A Polícia Civil prendeu a primeira suspeita de envolvimento no desaparecimento de Kawane Grejanin Cleve, 23 anos e Rubens Bigueti Júnior, 29 anos. A mulher de 23 anos é vizinha do casal em Goioerê e já estava recolhida na cadeia pública da cidade em outro inquérito de tráfico de drogas. Ela foi presa preventivamente no último dia 12.

INVESTIGAÇÕES

Segundo o delegado Adaílton Ribeiro Júnior, responsável pelas investigações, ainda não é possível saber qual o grau de envolvimento da suspeita com o desaparecimento do casal e nem o que motivou o crime. A mulher deve ser ouvida nos próximos dias. “Esperamos esclarecer também quantas pessoas estão envolvidas no crime. Ela não conseguiria fazer isso sozinha”, afirmou o delegado.

ASSASSINATO

Ribeiro contou ainda que a polícia não trabalha mais com a possibilidade de encontrar Kawane e Rubens com vida e o caso está sendo tratado como assassinato. Nesta quinta-feira (3) o desaparecimento completa 30 dias. A prioridade da polícia é encontrar os corpos. “Estamos trabalhando para não apenas esclarecer o que aconteceu, mas também para tentar dar um pouco de paz para a família”, afirmou.

KAWANE

Desde que o casal desapareceu não houve qualquer forma de contato pedindo resgate e nem qualquer movimentação nas contas bancárias das vítimas. Kawane Cleve é filha do juiz João Cleve Machado, que morreu em 2009, deixando um grande patrimônio como herança para a filha.

DESAPARECIMENTO

O desaparecimento da Kawane e Rubens foi percebido na noite de 03 de agosto após o filho do casal, um menino de apenas três meses, ser encontrado abandonado em uma calçada, na rua Contorno Norte, entre os bairros Jardim Curitiba e Vila Candeias, que fica na saída para Moreira Sales.

Segundo o informado pelo Conselho Tutelar de Goioerê, o bebê foi encontrado por volta das 21h30 muito bem agasalhado e vestido e embrulhado em um cobertor verde. A criança foi levada para atendimento médico que comprovou que estava bem. Na sequência a avó materna compareceu até o local e informou que o bebê seria seu neto. A partir desse momento foi dado o alerta do desaparecimento do casal.

CARBONIZADO

O carro do casal, um Honda Civic preto foi encontrado totalmente carbonizado no início da manhã seguinte, na estrada Jamaica, na área rural de Moreira Sales, distante 25 km de Goioerê, onde a família residia. Dentro do veículo a perícia encontrou um aparelho celular que seria de Kawane.

BUSCAS

Buscas foram realizadas por toda a região, inclusive com o auxílio de cães farejadores e helicóptero do Grupo de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil, sem sucesso. A família da jovem chegou a oferecer uma recompensa de R$ 5 mil para quem desse informações sobre o paradeiro do casal.