Umuarama

Audiência Pública

Pozzobom apresenta os investimentos em infraestrutura urbana

20/10/2018 11H34

Projetos de engenharia de obras de infraestrutura, com recursos já assegurados, foram discutidos em audiência pública na manhã da últimasexta-feira com representantes da sociedade organizada, vereadores e empresários, no anfiteatro da Prefeitura. O prefeito Celso Pozzobom e o secretário de Gestão Integrada, Luiz Genésio Picoloto, com o apoio da equipe da Secretaria de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, apresentaram as propostas para duplicação da Avenida Portugal (até a saída para Maria Helena), Avenida Ivo Shizuo Sooma (da Praça Odete Mossurunga ao Conjunto Sonho Meu), recapeamentos asfálticos e a revitalização e alargamento da Avenida Tiradentes, da rodovia PR-323 até a Praça Miguel Rossafa.

A audiência trouxe uma breve abordagem sobre o Plano Diretor Municipal, além dos projetos de engenharia e da oportunidade de discussão com os participantes, sobre as intervenções estruturais. Na extensão da Avenida Portugal até a PR-483, de 2,7 km, o investimento é de aproximadamente R$ 5 milhões. “São 45 mil m² de reperfilamento, recape e pavimentação asfáltica, além de 5,2 mil metros de calçadas e 10,5 mil metros de meio-fio e sarjeta. A via terá pista dupla de 8,50m de largura em cada sentido, calçada em paver e ciclovia lateral, além de faixa gramada e iluminação no canteiro central, em LED”, explicou o secretário de Obras, Isamu Oshima.

O recapeamento asfáltico da Avenida Ângelo Moreira da Fonseca terá extensão de 3,20 km (entre o trevo do Posto Gauchão e o final da Avenida Brasil), ao custo de R$ 2 milhões – incluindo rampas de acessibilidade e reforço nas galerias de águas pluviais, abertura de canteiros, travessias e melhorias na acessibilidade. Outra frente de trabalho prevê o recape de 10 quilômetros de vias públicas que devem beneficiar a Avenida Paraná, Praça Mascarenhas de Moraes, rua Bandeirantes, avenidas Vitória, Rio Grande do Sul, Atlântica (Jardim Canadá) e Pirapó, e também a rua Irati, entre outros trechos, com investimento de R$ 3 milhões.

Saída para Xambrê

Já a duplicação do trecho urbanizado da rodovia PR-489 compreenderá 2 quilômetros, entre a Praça Odete Mossurunga e o Jardim Império do Sol II, ao custo de R$ 8 milhões – incluindo a implantação de 2,5 km de ciclovia no canteiro central, entre faixas de calçadas. Em cada sentidos, a Avenida Ivo Shizuo Sooma – como é chamada – terá 6 metros de largura e uma nova intersecção com a Ângelo Moreira da Fonseca, eliminando a atual rotatória. Haverá acessos aos jardins Universitário e São Fernando, à Aceu e ao Parque Tarumã e um pontilhão ligando as marginais, na altura do Parque Irani, beneficiando os moradores do Conjunto Sonho Meu.

Avenida Tiradentes

A reurbanização da Avenida Tiradentes – orçada em R$ 2 milhões – prevê implantação de ciclovias laterais, calçamento em paver, organização do trânsito em três faixas de rolamento em cada lado e estreitamento do canteiro central, além de revitalização da sinalização, piso podotátil nas calçadas e melhorias nas praças Gastão Vidigal, Miguel Rossafa e Portugal. Os cruzamentos devem ganhar floreiras para disciplinar a travessia de pedestres. “São R$ 20 milhões em investimentos que vão tornar nossa cidade muito mais acessível, melhorar o fluxo de veículos e dar mais segurança aos pedestres e ciclistas”, disse o prefeito Celso Pozzobom.

As dúvidas apresentadas pelos participantes – relacionadas a problemas de drenagem pluvial, ciclovias, acessibilidade e alterações nos estacionamentos – foram esclarecidas pelos engenheiros da Prefeitura e pela empresa que auxiliou na elaboração dos projetos. “Agora aguardamos a aprovação dos vereadores para dar andamento aos projetos”, completou o prefeito.

MAIS INVESTIMENTOS

Celso Pozzobom também informou o público sobre a viagem que fez esta semana a Brasília, para consolidar emendas parlamentares que beneficiam a cidade, obtidas com apoio dos deputados federais junto ao governo federal. Relatou várias obras em andamento ou asseguradas em parceria com o Estado, como a galeria pluvial do Jardim Irani, que ajudará a minimizar os estragos causados pelas chuvas no bairro, reforço nas galerias no entorno do Lago Tucuruvi (Parque D. Pedro II), retomada das obras da nova rodoviária (R$ 8 milhões), aquisição de veículos e equipamentos para o pátio de máquinas, ônibus para a Assistência Social, obras a todo vapor no aeroporto municipal (mais de R$ 6 milhões em investimentos).

Ainda melhorias na Estrada Boiadeira, no trecho não pavimentado, implantação de academia da saúde ao ar livre, miniarena de grama sintética já implantada, equipamentos médicos e reformas de unidades de saúde, ampliação do reservatório para distribuição de água potável pela Sanepar (no Parque Daniele, R$ 25 milhões), as duplicações de acessos com recursos do Estado e financiamentos, um novo caminhão para coleta seletiva está chegando, ampliação do teto de gastos na saúde pública (R$ 4,8 milhões a mais por ano), recursos para os hospitais do município, viaturas para a Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros – parcerias que somam R$ 60 milhões em investimentos no município.

Umuarama para o futuro

Reforçou a importância das obras, “que vão transformar aspecto da cidade, prepará-la para o futuro e o desenvolvimento”, disse o prefeito Celso Pozzobom. “Temos ainda o micropavimento nos bairros, recape nas vias principais com equipamento e equipe própria a partir do ano que vem e vamos entregar este mês ainda o CMEI e o posto de saúde do Sonho Meu, além da conclusão da pavimentação da Avenida Ariovaldo Rodrigues de Moraes, que vai desafogar a Tiradentes e a Ângelo Moreira da Fonseca no acesso à PR-323, e também a iluminação de LED da Avenida Paraná, em fase de licitação. Já modernizamos a iluminação em 30% da cidade”, completou Pozzobom.