Policial

CRUZEIRO DO OESTE

Polícia investiga caso de estudante que morreu após ser baleado dentro de casa por PM

03/01/2019 17H54

CRUZEIRO DO OESTE Polícia investiga caso de estudante que morreu após ser baleado dentro de casa por PM
Gabriel D’Avila Braun era estudante de medicina e morreu depois de ser baleado dentro de casa (foto redes sociais)

Cruzeiro do Oeste – A Polícia Civil está investigando o caso do estudante de medicina Gabriel D’Avila Braun, 25 anos, que morreu após ser baleado dentro de sua casa por um policial militar. O incidente ocorreu na noite do último dia 31, em Cruzeiro do Oeste.

O jovem estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Norospar, em Umuarama. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu às 5h50 de quinta-feira (3). O velório acontece desde a tarde na Igreja Comunidade Evangélica, frequentada pela família, em Cruzeiro do Oeste. O horário do enterro não foi divulgado.

POSSÍVEL ASSALTO

Segundo a Polícia Militar, um vizinho teria acionado a PM informando sobre um assalto que estaria ocorrendo na residência do estudante, na avenida Curitiba, na área central de Cruzeiro do Oeste. No local os policiais teriam encontrado o estudante com uma arma na mão, segundo a PM. Ainda segundo a PM a vítima teria apontado a arma para os policiais que teriam efetuado disparos. Um atingiu a coxa direita do jovem e a artéria femural.

SOCORRO

O estudante foi socorrido pela PM e pelos Bombeiros Municipais até o hospital da cidade e transferido para o Norospar em Umuarama, onde foi direto para a UTI. Desde o início o caso foi diagnosticado como de risco de vida pela grande perda de sangue da vítima.

A Polícia Militar emitiu uma nota oficial sobre o caso, onde consta que “O jovem foi identificado por um dos policiais como o morador da residência sendo socorrido por um dos policiais que ali estava e solicitado a equipe do Bombeiro Municipal de Cruzeiro do Oeste, os quais encaminharam o jovem para o hospital de plantão em Umuarama. O Comando do 7º BPM determinou a imediata instauração de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias dos fatos”.

A VÍTIMA

Gabriel D’Ávila era estudante de Medicina em Curitiba e passava as férias na casa dos pais, em Cruzeiro do Oeste. Segundo relatos, o jovem teria pego a arma para assustar um ladrão que teria tentado entrar na residência, quando houve o incidente.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do caso. O inquérito tem 30 dias para ser concluído.

ÍNTEGRA DA NOTA PM

“Com relação aos fatos ocorridos em data de 31/12/18 (segunda-feira) por volta das 21h45min, na cidade de Cruzeiro do Oeste, o Comando do 7º Batalhão de Polícia Militar, vem respeitosamente externar condolências a família do jovem Gabriel D’Avilla Braun que faleceu nesta manhã (03/01/2019). A Polícia Militar foi acionada via central de emergências (190) para atender uma ocorrência relatada pela solicitante de um assalto a uma residência. Imediatamente as equipes deslocaram até o endereço, e ao adentrar ao local (residência), a equipe teria se deparado com um jovem armado, que recebeu voz de abordagem da Policia Militar e não teria obedecido a ordem e tendo em vista estar com a arma em punho voltada para os policiais, estes efetuaram disparos, tendo um tiro atingido o ofendido na coxa direita.

O jovem foi identificado por um dos policiais como o morador da residência sendo socorrido por um dos policiais que ali estava e solicitado a equipe do Bombeiro Municipal de Cruzeiro do Oeste, os quais encaminharam o jovem para o hospital de plantão em Umuarama. O Comando do 7º BPM determinou a imediata instauração de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias dos fatos.

Cap. QOPM Edson Kamakawa Oficial de Comunicação Social do 7ºBPM”.