Cotidiano

CASAL DESAPARECIDO

Polícia Civil troca delegado que investiga desaparecimento de filha de juiz em Goioerê

20/08/2020 14H28

A Polícia Civil trocou o delegado responsável pela investigação que apura o desaparecimento de Kawany Cleve, 23 anos, e seu companheiro, Rubens Bigueti Júnior, 29 anos. Ela é filha do juiz já falecido João Luiz Cleve Machado, que atuou em Umuarama e em Altônia por muitos anos.

Segundo nota emitida no início da tarde pelo delegado-chefe da 7ª SDP, Osnildo Carneiro Lemes, o delegado de Alto Piquiri, Adailton Ribeiro Júnior passa a presidir o inquérito a partir desta sexta-feira (21). A troca ocorre porque o delegado titular de Goioerê, Hélio Nunes, entrou em licença médica.

APOIO

Ainda segundo a nota da Polícia Civil, a delegacia de Umuarama, sede da 7ª SDP, e a qual a delegacia de Goioerê está subordinada, passa a dar apoio a investigação de forma direta. O novo delegado pode ainda requisitar apoio de grupos especiais como Grupamento de Operações Aéreas (GOA), Tigre e Cope.

DELEGADO

Adailton Ribeiro Júnior começou a carreira em Iporã, onde um dos primeiros casos que assumiu foi a investigação que apurou as circunstâncias de um grave acidente entre um ônibus da Secretaria de Saúde de Altônia e um caminhão-tanque da empresa Lacto, de Cruzeiro do Oeste, que deixou 21 pessoas mortas após os veículos colidirem e pegarem fogo. A tragédia ocorreu na PR-323, em Cafezal do Sul, em outubro de 2017.

DESAPARECIMENTO

Rubens Bigueti e Kawany estão desaparecidos há 17 dias e até o momento, as ações realizadas pelas polícias militar e civil foram infrutíferas. Já houve o emprego de cães farejadores, inclusive um do Corpo de Bombeiros de Cianorte, que atuou na tragédia de Brumadinho, além do auxílio das equipes GOA e Tigre. No momento, apenas familiares e a Polícia Civil continuam as buscas.

ABANDONADO

O desaparecimento do casal foi percebido na noite do último dia 03 de agosto, após o filho, de apenas quatro meses, ser encontrado abandonado em uma calçada, na rua Contorno Norte, no Jardim Curitiba, em Goioerê, onde a família reside.

CARBONIZADO

Na manhã seguinte o veículo de Kawany, um Honda Civic foi encontrado totalmente carbonizado na estrada Jamaíca, em Moreira Sales, município distante 26 km de Goioerê. O veículo foi periciado e não foram encontrados restos humanos, apenas o celular da jovem.

INVESTIGAÇÃO

Desde então, começou uma verdadeira luta contra o tempo para encontrar o casal com vida. As chances diminuíram drasticamente a medida que os dias foram passando. Atualmente a linha de investigação trabalha com a possibilidade remota de Rubens e Kawany ainda estarem com vida. Desde o início das investigações, o então delegado responsável, Hélio Nunes, sempre afirmou que o desaparecimento estaria ligado a uma situação de vingança e que já há suspeitos identificados, mas até o momento eles não foram ouvidos pela polícia.