Região

CONTRA AGLOMERAÇÕES

Pesca e passeios em Ilha Grande e entorno estão proibidas neste feriado

09/04/2020 09H49

Tubos dificultam a entrada e saída de barcos em Porto Figueira

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade emitiu nota ontem, assinada também pelo Coripa, polícias ambiental do Paraná e Mato Grosso do Sul, consórcio do Vale do Ivinhema e APA Federal que mantém suspensas visitação e outras atividades no Parque Nacional de Ilha Grande. A proibição tem por finalidade ajudar na prevenção contra o avanço do coronavírus Covid-19 na região que compreende a unidade de conversação nos dois estados.

A medida considera que o Parque Nacional de Ilha Grande, inclui a Praia do Paracaí, Lagoa

Xambrê, Praia do Meião e a Lagoa Saraiva se enquadra como Unidade de Conservação Federal e que a Área de Proteção Ambiental (APA) das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná,

compreendendo áreas dos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul e abrangendo os

leitos dos rios Paraná (desde Guaíra e Mundo Novo na porção sul até Rosana e Batayporã na

porção norte), Paranapanema (trecho abaixo da UHE Rosana) e demais tributários neste

território, se enquadra como UC Federal.

A medida considera que a responsabilidade de gestão dos pontos de acesso às UC acima mencionadas, incluindo Centro Náutico Marinas, Porto Cano, Porto dos Pescadores, Balneário Vila Yara, Praia do Paracaí, Porto Figueira, Porto Camargo, Porto Cobrinco, Porto Santa Cruz de Monte Castelo, Porto Santa Esmeralda, Porto Jundiá, Porto Novo, Porto Felício, Porto Natal, Porto 18, Porto Brasílio, Porto Floresta, Porto Rico, Porto São José, Porto Eucalipto, Porto Maringá, Porto Tigre, Vila dos Pescadores, Rampa Colégio Agrícola, Balneário Municipal de Rosana, Três Rampas, Porto Caiuá, Porto Santo Antônio, Prainha, Porto Morumbi e Porto Izabel.

A visitação proibida compreende esportes náuticos; pesca esportiva/amadora; passeios de barco; uso de praias; uso de trilhas de qualquer tipo tais como caminhadas, ciclismo e caiaque; estadia em pousadas, clubes de pesca, parques aquáticos, camping entre outras atividades relacionadas ao turismo e uso público;

A equipe que esteve reunida ontem considera a proximidade do Feriado Nacional da Paixão de Cristo e o Domingo de Páscoa, celebrados amanhã e domingo e que historicamente são datas que atraem uma grande quantidade de turistas de todo o entorno de Ilha Grande.

As instituições que assinam a nota relatam que, diante do cenário atual, avaliando que a situação demanda medidas urgentes de prevenção, controle, e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação desta doença nos municípios da região, orientam que os municípios abrangidos pelas UC acima citadas, observando as informações apresentadas, providenciem o fechamento imediato dos acessos públicos e privados à APA das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná e ao Parque Nacional de Ilha Grande, bem como o fechamento dos comércios e atividades não essenciais relacionadas ao atendimento de visitantes/turistas.

E pede a toda a população local, turistas, visitantes, pescadores e demais membros da comunidade que sejam conscientes, respeitando o recolhimento que se faz tão necessário diante da atual situação. “As belezas de nossa região estarão sempre à nossa espera, por isso, para que possamos desfrutar futuramente de tamanha riqueza natural, aconselhamos a todos que tomem as medidas necessárias e que se cuidem! O futuro está em nossas mãos!”, relata.