Policial

PIRACEMA

Peixes apreendidos no rio Paraná são doados ao Lar São Vicente

04/02/2019 14H49

Peixes apreendidos no rio Paraná são doados ao Lar São Vicente
Os peixes foram doados ao Lar São Vicente de Paulo de Umuarama, que atende pessoas idosas (foto divulgação Polícia Ambiental de Umuarama)

Umuarama – A Polícia Ambiental doou quase 20 quilos de peixes ao Lar São Vicente de Paulo de Umuarama. O pescado foi apreendido no fim da tarde deste domingo (3), as margens do rio Paraná, em Alto Paraíso.

Três pessoas foram presas em flagrante e encaminhadas à delegacia da Polícia Federal. Eles são acusados de pescar em período de piracema e dentro da área compreendida pela Unidade de Conservação da APA Ilhas e Várzeas do Rio Paraná. A proibição da pesca vigora até o fim de fevereiro próximo.

Segundo a Polícia Ambiental, uma equipe realizava patrulhamento aquático no rio Paraná, nas proximidades da Ilha Esmeralda, quando avistaram três pessoas pescando na margem do rio. Segundo a PA, os suspeitos tentaram fugir a pé, mas foram apreendidos a cerca de 300 metros da margem do rio.

De acordo com a Polícia Ambiental, no local foram encontrados petrechos de pesca e pescado nativo capturado. No total foram encontrados varas com carretilhas e petrechos de pesca; 19,885 Kg de pescado nativo da espécie Piauçu, Piau Três Pintas e Piapara, que foram doados ao Lar São Vicente de Paulo de Umuarama.