Policial

Investigação

Patrulha Escolar recebe nova denúncia de suposto assédio sexual

30/10/2019 13H14

A Patrulha Escolar de Umuarama repassou na manhã desta quarta-feira (30) uma nova denúncia de suposto caso de assédio sexual, que teria sido cometido por um professor. A situação foi repassada pela mãe de um jovem de 17 anos.

Segundo os patrulheiros, foi informado que o professor teria utilizado um aplicativo de mensagens para enviar conversas de cunho sexual ao aluno e após ser bloqueado, insistiu através de mensagens por sms.

Ainda segundo nota da polícia, o fato teria iniciado em 19 de setembro e encerrou na data do registro 29 de outubro. Nas mensagens, o professor se oferece para pagar as despesas da formatura do aluno em troca de atos sexuais.

A vítima teria ressaltou a polícia, que em mensagens, porém já apagadas por ele, o professor teria solicitado o envio de fotos.