Esportes

ESPERANÇA

Palmeiras escolhe Jorge Sampaoli como primeira opção para treinar o time em 2020

03/12/2019 11H53

Sampaoli ainda treina o Peixe, mas pode ir para o Verdão

O argentino Jorge Sampaoli é a primeira opção do Palmeiras para substituir o técnico Mano Menezes, demitido após a derrota para o Flamengo por 3 a 1, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O nome vem sendo sugerido por conselheiros ao presidente Maurício Galiotte desde os primeiros rumores da saída do treinador do Santos ao término da atual temporada. Ele tem contrato com o clube da Baixada até o final de 2020.

Sampaoli está inserido no contexto de mudança profunda que a presidência do Palmeiras pretende para o ano vem. Galiotte comentou sobre um novo modelo na forma de o Palmeiras atuar. Foi o presidente que respondeu e informou sobre as demissões de Mano e do diretor Alexandre Mattos. “O ciclo hoje (domingo) se encerra (sobre a demissão de Alexandre Mattos). O Palmeiras pensa agora num modelo diferente para o próximo ano, uma forma diferente de ver o futebol”, afirmou o cartola.

Uma das estratégias do Palmeiras para se aproximar do argentino é a contratação de Paulo Autuori para substituir Mattos no cargo de diretor de futebol. Autuori foi superintendente do Santos. Antes de ser demitido ele já havia definido que não ficaria no clube na próxima temporada. Acabou desligado na última semana.

Contratar Sampaoli será uma tarefa difícil para o Palmeiras. O argentino já tem conversas adiantadas com o Racing, que formalizou uma oferta ao treinador assim que Eduardo Coudet, atual técnico do clube argentino, confirmou a sua saída em 2020 – vai assumir o Internacional. Para contratá-lo, portanto, o Palmeiras terá de superar a proposta dos argentinos. Em entrevista à TNT Sports da América Latina, o presidente do Racing, Victor Blanco, afirmou que o clube argentino espera contar com o treinador santista na próxima temporada. “O Diego Milito (diretor de futebol do Racing) escolheu o Sampaoli e estamos todos unidos atrás disso. Estamos juntos à espera de que isso seja possível”, disse o mandatário.

Um dos motivos que fizeram Sampaoli pensar em deixar o Santos é a falta de dinheiro para a construção de um grupo que possa brigar pela conquista da Copa Libertadores. Enquanto esteve na superintendência do futebol alvinegro, Autuori explicou ao treinador que o ano de 2020 seria de dificuldades financeiras.

O Palmeiras deve oferecer a Sampaoli um projeto de reformulação – com contratações baseadas no mercado sul-americano – para a disputa do torneio continental. Atualmente, o clube de Avellaneda é um dos mais poderosos do futebol argentino, competindo em condições de igualdade financeira com Boca Juniors e River Plate, vice-campeão da Libertadores.

Nesses quatro anos e meio, o Palmeiras foi campeão duas vezes do Brasileirão (2016 e 2018) e faturou a Copa do Brasil em 2015. A falta de um título da Libertadores foi fundamental para o acirramento das cobranças sobre a diretoria.

INTERINO – O Palmeiras confirmou nesta segunda que o auxiliar técnico Andrey Lopes será o treinador interino do time durante os próximos dias. Conhecido como Cebola, ele está no clube desde dezembro de 2017, mas jamais dirigiu a equipe em uma partida. O trabalho anterior dele antes de chegar ao Palmeiras foi ter sido auxiliar técnico de Dunga na seleção brasileira entre 2014 e 2016.

Andrey tem 46 anos, é graduado em Educação Física, pós-graduado em Futebol e possui licença A do curso da CBF. O convite para trabalhar no Palmeiras veio pelo gerente de futebol do clube, Cícero Souza. Os dois trabalharam juntos no Grêmio entre 2007 e 2011. O treinador interino passou também pelo Internacional.

No Palmeiras, ele trabalhou com Roger Machado, Luiz Felipe Scolari e, por último, com Mano Menezes, que foi demitido no último domingo depois de derrota por 3 a 1 para o Flamengo, no Allianz Parque. Andrey vai estrear na função nesta quinta-feira diante do Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. O jogo será realizado no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Apesar de estar no clube há dois anos, será a primeira vez que Andrey vai dirigir a equipe. Após a demissão de Roger e a vinda de Felipão, em julho do ano passado, o Palmeiras disputou uma partida sob comando de um interino, mas o responsável pelo time na ocasião foi Wesley Carvalho, treinador do elenco sub-20. Em campo, o time bateu o Paraná por 3 a 0 no Allianz Parque.