Região

CRIME CONTRA A SAÚDE PÚBLICA

Pacientes com Covid19 espalham a doença em rodas de narguilé e Saúde de Perobal aciona polícia e Ministério Público

17/07/2020 07H30

A falta de responsabilidade e de respeito ao próximo levou a Secretaria de Saúde de Perobal a endurecer as ações contra pacientes com diagnóstico positivo para o Covid19 e que não estão ficando em casa.

CASO DE POLÍCIA

É que pessoas que deveriam estar em isolamento domiciliar estão frequentando as ruas da cidade e espalhando o coronavírus em rodas de narguilé. A situação é tão grave que obrigou o secretário de Saúde, André Antônio dos Santos a registrar dois boletins de ocorrência junto a Polícia Militar e a encaminhar os casos para o Ministério Público.

Segundo André, o caso mais grave foi de uma jovem de 19 anos que apresentou os primeiros sintomas no dia 08 de julho, quando foi feita a coleta.

NARGUILÉ

O resultado do exame chegou no dia 13, mas dois dias antes a jovem reuniu amigos em uma roda de narguilé, entre elas duas gestantes e outras com doenças respiratórias pré-existentes, como asma, bronquite e rinite. Uma criança também esteve no local. O resultado é que seis pessoas estão em isolamento em casa e sendo monitoradas pela Secretaria. Todos aguardam o resultado do exame.

O secretário de Saúde de Perobal André dos Santos, está encaminhado os casos de desrespeito ao Ministério Público

SEM ISOLAMENTO

Segundo a agente comunitária de saúde Michelli de Cássia Campiolo, o monitoramento é feito diariamente por telefone e em situações específicas pode haver a visita domiciliar. No caso da jovem, no dia em que a agente de saúde foi até a residência da paciente entregar o resultado, a mulher estava na agência da Caixa Econômica Federal em Umuarama.

“Ela sabia que deveria ter ficado em casa e que não poderia estar saindo. Assinou um termo de responsabilidade onde se comprometeu a ficar em casa, estava com atestado de saúde para não comparecer ao trabalho, havia sido notificada formalmente sobre a situação e mesmo assim não respeitou o isolamento”, explicou o secretário de Saúde André dos Santos.

PROIBIDAS

Segundo André dos Santos, o caso da jovem de 19 anos não é isolado. “A maior parte dos nossos casos são de funcionários de uma única empresa e a dissiminação da doença ocorre em rodas de narguilé, que aliás, estão probidas”, salientou.

FECHAMENTO

Ainda de acordo com o secretário a partir desta sexta-feira (17) bares e lanchonetes devem fechar as portas até às 20 horas e restaurantes, lanches e pizzarias podem atender somente no sistema delivery. Isso deve ajudar nas ações de fiscalização promovidas principalmente durante os fins de semana pela Secretaria de Saúde em parceria com a Polícia Militar.

COVID19

No intervalo de apenas 10 dias, o número de infectados pelo coronavírus na cidade pulou de apenas dois casos no dia 04 de julho para 14 no dia 14 de julho. Nesta quinta-feira (16), o Município tinha 15 casos positivos, 49 pessoas suspeitas aguardando o resultado o exame do Lacen e 24 em monitoramento domiciliar.

EXAMES

“Antes eu realizava a coleta de 8 suspeitos em média. Hoje são pelo menos 15 por dia”, afirmou a enfermeira epidemiológica da Secretaria de Saúde, Kássia Regina da Silva. Os testes estão sendo realizados em todos que apresentam quaisquer sintomas gripais. Até o momento foram 125 exames. O município tem 7 mi habitantes.

RECUSA

A enfermeira salientou que nesta quarta-feira (15) tiveram uma situação atípica. Um paciente de 76 anos está com todos os sintomas da doença, fez o exame, mas está recusando atendimento médico. “Ele está com a saturação oscilante e com os batimentos mais baixos, mas nem com a força policial conseguimos interná-lo no hospital referência. Ele se recusou e também estamos passando esse caso para o Ministério Público”, afirmou o secretário de Saúde.

Segundo Kássia, o filho e a nora desse idoso já foram positivados para o Covid19 e nesta quinta-feira o neto também fez o exame. A família é moradora do distrito de Cedro.