Cotidiano

REFORÇO NA SEGURANÇA

Operação Natal coloca mais policiais nas ruas de Umuarama

30/11/2018 16H40

Operação Natal coloca mais policiais nas ruas de Umuarama
O lançamento da Operação Natal ocorreu na tarde de sexta-feira (30) em todo o Estado

 

Umuarama – A Polícia Militar do Paraná lançou nesta sexta-feira (30) a Operação Natal 2018. Em Umuarama a concentração foi na praça Miguel Rossafa às 14 horas e dali viaturas seguiram em comboio pelas principais ruas e avenidas da cidade.

A operação iniciou-se hoje, sexta-feira em todo o Estado e segue ininterruptamente até às 14h do dia 24 de dezembro (segunda-feira). Os trabalhos acontecerão diuturnamente, e serão reforçados nos finais de semana e feriados.

Segundo o comandante do 25º BPM, tenente-coronel Aguinaldo Letrinta, a ação visa prevenir crimes, principalmente de furto e roubo em virtude do aumento de pessoas em circulação por conta das compras natalinas.

Também vamos realizar operações fiscalizatórias na cidade e também nos distritos”, afirmou Letrinta.

Operação Natal coloca mais policiais nas ruas de Umuarama

ADMINISTRATIVOS

Segundo o tenente PM Tiago Siguihara, neste período os policias que atuam nos setores administrativos também engrossam as fileiras das equipes da RPA, Rocam e Rotam, que atuam diretamente nas ruas da cidade todos os dias.

Com a abertura do comércio até mais tarde, recebimento de férias e décimo terceiro aumenta a circulação de dinheiro e também de pessoas nas ruas”, salientou o tenente.

Durante a Operação serão utilizados todos os tipos de policiamento ostensivo (a pé e motorizado), realizados pelas modalidades de patrulhamento, policiamento presença e diligências.

Para o reforço será empregado o efetivo do serviço administrativo, além do policiamento já existente.

Nós trabalhamos com turnos das 9 horas às 23 horas, e para esses turnos de serviço temos um acréscimo de 20% em termos de atividade, lembrando que este é o efetivo administrativo que deixa suas atividades para atender a demanda exigida por este período”, explicou o subcomandante-geral da PM, coronel Arildo Luis Dias.