Cotidiano

REGIÃO NOROESTE

Onda de roubos em rodovias assusta lojistas e sacoleiros

15/09/2022 09H31

Jornal Ilustrado - Onda de roubos em rodovias assusta lojistas e sacoleiros

A onda de roubos a veículos em rodovias na região de Umuarama, no noroeste do Paraná, tem gerado medo em motoristas e usuários da via, principalmente em lojistas e sacoleiros que constantemente trafegam pelas estradas transportando mercadorias. 

 Lojistas assustados   

Ygor Fantin de Souza, de 25 anos, é casado e pai de dois filhos. Ele mora com a família em Umuarama, onde tem uma loja de roupas e acessórios.  

O jovem conta que constantemente viaja com um grupo de lojistas para São Paulo, a fim de buscarem mercadorias. Segundo Souza, o sentimento entre eles é de medo. 

“Há anos eu subo pra São Paulo buscar mercadorias. Normalmente vamos em um grupo de pessoas de van. Com essa onda de roubos nas rodovias a gente fica receoso, tanto na ida quanto na volta, pois na ida vamos com dinheiro e na volta com a mercadoria”. 

O jovem relata ainda que já passou pela experiência de ser assaltado em uma dessas viagens para São Paulo. 

“Uma vez fomos assaltados. Estávamos em uma van retornando de São Paulo, com o veículo cheio de mercadoria, quando os bandidos nos abordaram. Levaram tudo”, narra o lojista.  

Rota e horários  

John Kleber Santos tem 26 anos. Há cinco anos o jovem pega a estrada rumo ao Paraguai, onde compra mercadorias para serem revendidas pela internet.  

Dentre os produtos comprados estão perfumes e aparelhos celulares. Morador em Umuarama, Santos explica que vai ao país vizinho ao menos duas vezes na semana.  

Segundo ele, a onda de roubos nas rodovias da região tem provocado medo.  

“Esses assaltos estão demais. Estamos tendo, inclusive, que evitar alguns trechos de rodovias, até alguns horários que consideramos mais perigosos”, ressalta.  

Dennys Dias tem 24 anos e há dois busca mercadorias em São Paulo para serem revendidas em sua loja de roupas, calçados e acessórios. O umuaramense faz o trajeto para São Paulo a cada 15 dias. Ele e um grupo de lojistas viajam em um ônibus fretado. Dennys conta que quando entram no veículo o ambiente é tomado pelo medo e insegurança. 

“Temos acompanhado as notícias de roubos através dos jornais, como também temos conhecidos que já foram vítimas, aí fica aquele clima de medo, do que pode acontecer com a gente na estrada”, explica o jovem.  

Jornal Ilustrado - Onda de roubos em rodovias assusta lojistas e sacoleiros

Tentativa de roubo na PR-323 

Três ocupantes de uma Ford Ranger viveram momentos de terror na madrugada do último dia 9, depois que criminosos armados tentaram abordá-los na PR-323, na região de Cianorte, no noroeste do Paraná.  

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas disseram que trafegavam pela rodovia sentido Tapejara a Cianorte quando dois veículos escuros se aproximaram e tentaram abordá-los.  

Utilizando armas longas, os criminosos efetuaram diversos disparos em direção às vítimas. A caminhonete das vítimas foi atingida por vários tiros.  

Ainda conforme a Polícia Civil, o motorista da Ranger relatou que após os tiros acelerou o veículo, conseguindo se distanciar dos bandidos, que fugiram sem terem êxito na ação. Ninguém se feriu.  

Tentativa de roubo na Boaideira resulta em morte de criança  

Em julho deste ano uma tentativa de assalto a uma família ocorrida na Estrada Boiadeira, em Tuneiras do Oeste, terminou com um casal gravemente ferido e com a morte de uma criança de apenas três anos de idade.  

Segundo o delegado-chefe da 7ª SDP, Gabriel Menezes, a família foi confundida com contrabandistas e acabou atacada por engano. A ação foi realizada por piratas do asfalto.  

Operação em Umuarama  

No último dia 24, a Polícia Civil de Umuarama realizou uma operação contra uma quadrilha especializada em roubar carros carregados com contrabando que passam pelas estradas da região, conhecidos como ‘piratas do asfalto’. A ação ocorreu após um roubo dos criminosos nas proximidades de Cruzeiro do Oeste.  

Uma propriedade rural em Mariluz, a 39 quilômetros de Umuarama, foi alvo da operação. No local, os investigadores do Grupo de Diligências Especiais (GDE) apreenderam armas, cinco veículos e uma grande quantidade de produtos contrabandeados, inclusive cigarros eletrônicos, de uso proibido no Brasil e anabolizantes, ‘faturados’ em um dos assaltos.  

Mais de um grupo tem agido na região  

Ainda segundo o delegado-chefe da 7ª Subdivisão Policial (SDP) de Umuarama, Gabriel Menezes, mais de um grupo criminoso têm agido na região. A área de atuação dos assaltantes tem sido Umuarama, Cianorte, Goioerê, Cruzeiro do Oeste e Campo Mourão. “Temos informações que ainda não podemos repassar, mas as investigações estão avançadas”, concluiu Menezes.