Policial

Fizcalização

Todas as multas aplicadas em Umuarama são por infrações gravíssimas

26/09/2019 08H38

blitz-umurama-guarda

A Semana Nacional de Trânsito chegou ao fim na quarta-feira (25) com um saldo preocupante em Umuarama. Pelo Código Nacional de Trânsito são gravíssimas todas as notificações realizadas nas ações educativas promovidas pela Guarda Municipal, Polícia Militar e Umutrans, nos sete dias da campanha que este ano teve como tema “No trânsito, o sentido é a vida”. O período da campanha foi de 18 a 25 de setembro.

GRAVÍSSIMAS

Nas sete blitz realizadas, a infração mais cometida foi o transporte de crianças sem o uso da cadeirinha ou do bebê conforto, seguida por conduzir sem ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH), entregar veículo a pessoa não habilitada e dirigir alcoolizado. Todas são infrações consideradas gravíssimas e com multas que variam entre R$ 293,47 a R$ 2.934,70, além de suspensão no direito de dirigir por 12 meses, no caso de embriaguez.

MAIS COMUNS

De acordo com a diretora da Diretoria de Trânsito (Umutrans), Dianês Piffer, nas blitz, normalmente são essa as infrações flagradas pelo agente de trânsito. Já quando a fiscalização ocorre por uma das 38 câmeras espalhadas na cidade, os flagrantes mais comuns são de dirigir e usar o aparelho celular, avanço do sinal vermelho e estacionar em vagas preferenciais (como de idosos e de deficientes físicos).

MORTES

Com a intenção de reduzir os números de acidentes e mortes no trânsito de Umuarama, a Umutrans começou há cerca de um ano a instalação de ‘furões’ nos cruzamentos considerados mais críticos e recentemente 17 ‘anjinhos’ foram colocados em toda a cidade com o intuito de chamar a atenção do condutor para tirar o pé do acelerador.

Tem uma parcela da população que quer resolver a questão do trânsito, mas não aceita a fiscalização que é necessária e está dentro das incumbências da administração municipal”, salientou Dianês.

Desde o início de 2019 já foram 10 óbitos ocorridos dentro da área urbana de Umuarama em decorrência de acidentes de trânsito. “O número é alto e todas as ações são no sentido de educar e conscientizar sobre a importância de preservar a vida e andar mais devagar e respeitando a legislação”, completou a diretora da Umutrans.

FISCALIZAÇÕES

Desde o início do mês a Guarda Municipal passou a utilizar um radar estático móvel nas vias onde há a sinalização indicando o limite de velocidade e também da fiscalização. No primeiro momento, o uso do equipamento ficou limitado aos pontos posteriores de onde estão instalados os ‘anjinhos’, mas Dianês reforçou que a partir de agora, todas as vias devidamente sinalizadas estarão sujeitas a fiscalização que passa a ser diária.