Umuarama

EM UMUARAMA

Motoristas desrespeitam estacionamento e multas aumentam mais de 1.000%

17/04/2019 11H39

Com a pausa no estacionamento rotativo Zona Azul em Umuarama, estacionar nas avenidas e ruas centrais da cidade está cada dia mais difícil. Além dos carros parados o dia todo nas vagas, existe a falta de respeito com as leis de trânsito, o que vem gerando muito trabalho aos Guardas Municipais.

Velocidade alta, agressividade, desrespeito aos demais usuários das vias são reclamações rotineiras no trânsito de Umuarama. Mas agora existe a falta de consciência de muitos motoristas está relacionada a estacionar irregularmente em vagas especiais (idoso e deficiente), além das motos paradas nas vagas de carros.

A diretora da Umutrans, Dianês Pifer, explica que o período do término do estacionamento rotativo ainda não foi suficiente para ter números reais sobre o aumento de notificações na região onde tinha a Zona Azul.

Entretanto, a diretora prevê um aumento de 266% nas ligações denunciando veículos estacionados de forma irregular e no caso de autuações realizadas nas rondas dos guardas municipais os números subiram cerca de 1.000%. “São pessoas estacionando em vagas especiais (deficientes e idosos) e isso gera infração gravíssima, pois tais vagas são destinadas a proteger esse público, pois são os que mais tem dificuldade de mobilidade. Isso é muito preocupante pois mostras a falta de consciência do condutor”, salientou.

Ainda existe a questão de carros estacionando em guias rebaixadas, sobre faixa de pedestre e motos entre carros e ocupando vagas de carros. “Fizemos uma análise do número de vagas por motos, pois antes a gente não tinha reclamação de vagas de moto. Então percebemos que não falta vagas, mas sim respeito mesmo. Querem estacionar na porta de onde vão e fica a sensação de impunidade sem as fiscais do estacionamento rotativo, mas os guardas municipais estão fazendo o trabalho”, contou.

VAGAS OCUPADAS

Após muitas reclamações do estacionamento rotativo Zona Azul, o que vemos na região do comércio de Umuarama é que muitos motoristas necessitam de um órgão regulamentador. A reclamação de consumidores e empresários é que alguns comerciantes e funcionários estão deixando carros e motos o dia todo nas vagas de estacionamento.

“Cheguei aqui na loja 8h30 e não tinha vaga para motos e na frente da loja tinha 15 carros. Era ruim com as multas, mas antes tinha estacionamento. Os carros que estão parados na avenida Paraná não refletem o movimento das lojas. Principalmente no sábado, os consumidores não aparecem, pois não tem onde estacionar”, disse Valeria Bocariole.

A consumidora Jéssica Pereira também reclamou que não achou estacionamento para sua moto. “Cheguei para comprar era 10h e não tinha vagas para estacionar minha moto. Não sei o que é pior, pagar para estacionar ou não achar estacionamento”, ressaltou.

A gerente Mayara Malfato argumentou que hoje o cliente permanece mais tempo dentro da loja, pois não se preocupa com o tempo do estacionamento. Mas Mayara enfatizou que agora as pessoas têm dificuldade de estacionar, principalmente, pois os empresários estão usando as vagas dos clientes. “Muito comerciantes em vez de aproveitar a oportunidade do cliente poder ficar mais tempo na loja, os empresários preferem usar a vaga do consumidor. É uma situação complicada”, disse.

NOVO ROTATIVO

A administração municipal publicou hoje, no diário oficial, o aviso de licitação para concessão do novo estacionamento rotativo, visando melhoria da mobilidade urbana. A entrega dos envelopes pelas empresas interessadas e abertura destes será no dia 23 de maio, às 9 horas.

A concessão do novo estacionamento rotativo contempla a implantação, operação, gestão, distribuição de crédito de Zona Azul Digital, disponibilização de tecnologia de aplicativo digital e manutenção do sistema. Também compreende apoio a fiscalização que será executada exclusivamente pleos agentes de trânsito.

REGRAS BÁSICAS

As regras de trânsitos são as mesmas em Umuarama e no resto do Brasil, argumentou a diretora da Umutrans, Dianês Pifer. “A partir dessa máxima, se você é habilitado para dirigir, desta forma, você sabe que é necessário respeitar as leis e conhece as leis. Não precisamos fazer campanha dizendo a necessidade de respeita as vagas de curta duração, vagas de idoso entre outras. Mas, mesmo assim, já divulgamos que a sinalização contínua valendo, mesmo sem a Zona Azul e ela vale 24 horas. Isso está no Código Brasileiro de Trânsito”, explicou.