Cotidiano

ALTO PIQUIRI

Motivação para morte de homem que estava desaparecido ainda é mistério

31/08/2018 18H17

A Polícia Civil ainda não tem a motivação que levou a morte do diarista Rodrigo Azarias, 31 anos, desaparecido desde o dia 1º de agosto, no distrito de Saltinho d’Oeste, em Alto Piquiri.

O corpo foi encontrado em meio a um milharal por trabalhadores que faziam a colheita no início da noite de quinta-feira (30), a cerca de 400 metros do local onde o homem desapareceu.

O caso estava sendo investigado pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) de Umuarama desde o início do mês, quando a mãe da vítima, moradora de Perobal, registrou um boletim de ocorrência na 7ª SDP.

Neste período quase 20 pessoas foram ouvidas pelos investigadores, que já trabalhavam com a hipótese de homicídio. Como o crime ocorreu no distrito de Saltinho d’Oeste, as investigações para se chegar a autoria e também a motivação do crime passam a ser conduzidas pela delegacia de Alto Piquiri.

Segundo o apurado pelo Ilustrado, pelo estado avançado de decomposição do corpo, a vítima morreu provavelmente no dia em que desapareceu. Junto ao corpo foram encontrados a carteira com documentos e o celular, que estariam nos bolsos da calça da vítima. Segundo a polícia, a vítima foi morta a tiros. No dia em que desapareceu, Azarias teria recebido cerca de R$ 700 em dinheiro.

Segundo familiares, na última fez que foi visto, Azarias passou a tarde na casa de uma tia no distrito de Saltinho d’Oeste e após jantar, se despediu de todos e seguiu rumo a estrada que liga o distrito a Perobal, que fica a cerca de 100 metros da casa dos familiares. De acordo com parentes, todos os dias a vítima realizava o percurso de seis quilômetros para chegar em sua casa em Perobal, onde morava com a mãe. Normalmente pedia carona ou seguia a pé.

Após o desaparecimento parentes da vítima chegaram a realizar um mutirão de buscas, quando percorreram estradas, córregos e campos em todo o entorno do distrito de Saltinho d’Oeste onde moram e também próximo a Perobal sem sucesso.