Policial

FINAL FELIZ

Moradores de Douradina sequestrados são libertados em Cascavel

12/03/2019 21H27

FINAL FELIZ: Moradores de Douradina sequestrados são libertados em Cascavel
As investigações foram conduzidas pelo Grupo Tigre, da Polícia Civil do Paraná

Umuarama – Três compradores de gado, moradores de Douradina, foram libertados pela equipe especial do Grupo Tigre da Polícia Civil no início da noite desta terça-feira (12), em Cascavel, no Oeste do Estado, a 160 km de Umuarama.

O trio foi sequestrado ainda na noite de segunda-feira (11) e era mantido refém em cativeiro em Cascavel. O local onde os reféns foram mantidos e se houveram prisões dos sequestrados não foram divulgados até o início da madrugada de hoje (13).

Ainda na noite de terça-feira as vítimas foram ouvidas pelos investigadores e após liberados para retornarem para casa.

INVESTIGAÇÃO

Segundo a polícia, as investigações ainda estão em andamento. Hoje o delegado titular do Tigre, Cristiano Quintas deverá contar detalhes sobre o caso em entrevista coletiva. O local e horário não haviam sido definidos até o fechamento da edição.

Ainda de acordo com a polícia, caso está sendo conduzido pelo Grupo Tigre da Polícia Civil, em conjunto com a 7ª SDP de Umuarama e apoio da 15ª SDP de Cascavel.

O SEQUESTRO

Segundo o apurado pelo Ilustrado, as vítimas seguiram até Cascavel na segunda-feira (11) para realizar a compra de gado onde foram rendidas pelos criminosos.

A primeira informação é de que o veículo usado pelas vítimas, uma caminhonete Toyota Hilux, atravessou a ponte Ayrton Senna, em Guaíra, rumo ao Paraguai. Segundo o apurado, imagens da Polícia Rodoviária Federal teriam flagrado o momento da travessia. Oficialmente a informação não foi confirmada pela polícia.

PEDIDO DE RESGATE

Familiares das vítimas foram contatadas pelos criminosos pedindo o pagamento de resgate. Eles acionaram a Polícia Civil de Umuarama que por sua vez acionou o Grupo Tigre, de Curitiba, que conduziu toda a investigação. Durante a tarde de terça-feira familiares das vítimas permaneceram na delegacia de Umuarama aguardando informações.

Extraoficialmente, Ilustrado apurou que os sequestradores pediram resgate de R$ 150 mil. Ainda não foi apurado se o pagamento foi realizado.

Mais informações em breve.