Cotidiano

MACUMBA DA BRAVA

Magia negra ‘protegia’ mais de 1 tonelada de maconha em sítio em Altônia

05/07/2020 23H03

A Polícia Civil de Altônia apreendeu neste domingo (5) 1.310 quilos de maconha que eram ‘protegidos’ por magia negra em um sítio em Altônia, a 90 km de Umuarama.

Quando os policiais chegaram ao local encontraram velas negras e vermelhas ainda queimando, animais sacrificados, além de bebidas alcoólicas e fotos de pessoas para quem a macumba seria destinada.

Duas pessoas foram presas em flagrante.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Altônia, Reginaldo Caetano da Silva, o local estava sendo monitorado há mais de 30 dias. A ação foi deflagrada neste domingo após a informação de que uma carga grande havia sido entregue durante a madrugada.

A APREENSÃO

De acordo com Caeteno, do total da droga, 740 kg estavam armazenados no sítio na Estrada Circular, zona rural e os outros 570 foram apreendidos quando transportados por uma Fiat Strada placas de Belo Horizonte-MG que adentrou ao sítio mas fugiu ao perceber os policiais. Houve perseguição e o suspeito fugiu após se embrenhar em canavial, após bater o carro contra uma cerca de arame.

Segundo a polícia, a princípio o veículo não possui adulteração e não possui gravame de furto/roubo.

PRESOS

Segundo o delegado, com a apreensão os policiais identificaram o proprietário do sítio e um irmão dele que também foi preso em flagrante logo depois, suspeito de ser o responsável por ceder o lugar para armazenar o entorpecente.

MACUMBA

No sítio os policiais depararam com farta quantidade de petrechos de magia negra, como velas pretas e vermelhas ainda queimando, dentro e fora da casa e paiol, caveiras de animais algumas parcialmente queimadas, punhais, bebidas como oferendas, além de fotografias e lista de nomes de pessoas. As investigações seguem para provar a quem pertence a droga.